ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  03    CAMPO GRANDE 17º

Jogo Aberto

Cyber ajuda

Por Jogo Aberto | 07/01/2011 06:00

A destituição de Antonio Cruz da presidente do PP serviu para intensificar ainda mais a guerra interna no partido visando a prefeitura de Campo Grande. O deputado Alcides Bernal e o presidente municipal Paulo Matos querem agora o controle da direção estadual para conduzirem os próprios nomes à sucessão de Nelsinho Trad.

Os dois possíveis candidatos estão de lados opostos em praticamente tudo. Enquanto o presidente da Emha (Empresa Municipal de Habitação) Paulo Matos está do lado de Nelsinho, Alcides Bernal tem dado claros sinais de estar mais próximo à oposição.

Antonio Cruz, que nunca esteve entre os congressistas com maior aparição nos noticiários, ainda aparece como deputado federal no site nacional do partido, mas como sendo do Mato Grosso.

A notícia mais lida no site Dourados Agora é do Campo Grande News. A matéria “Artuzi foi à prefeitura receber R$ 320”, reproduzida deste site, figurava ontem no topo entre as matérias mais lidas daquele jornal, um dos sites mais importantes de Dourados.

Entre os anúncios de prostituição um roubou a cena ontem em Dourados: o de uma gestante de 5 meses, oferecendo os serviços por R$ 50,00. A propaganda publicada em um jornal douradense virou assunto de debate em um bar e matéria de site local.

As brincadeiras com a onça fujona do Cras prosseguem no mundo político. A última veio do Twitter do senador Delcídio do Amaral (PT), que já está lançando o felino para prefeito de Campo Grande em 2012.

Delcídio, aliás, reclamou da circulação de dossiês no início do governo Dilma. Disse que já deu destino a pelo menos cinco: a lata do lixo. "Normalmente, são armas utilizadas por anônimos que não assumem o que escrevem", disparou.

O deputado federal eleito Reinaldo Azambuja (PSDB) se divertiu ao comentar que será “vizinho” do polêmico palhaço Tiririca, no Bloco 3 da Câmara. Também eleito para o cargo em outubro deste ano, Luiz Henrique Mandetta (DEM) ficará instalado nas mesmas imediações.

Investigado pela Polícia Federal por suposto recebimento de propina, o vereador afastado Marcelo Barros disse que se apressou em apresentar sua defesa e a entregou muito antes do prazo que lhe foi dado. Em seu Twitter, jura inocência e diz que vai vencer. Só o tempo dirá.

O prefeito Nelsinho Trad (PMDB) recorreu ao Twitter para oferecer apoio à população durante o temporal que durou cerca de duas horas ontem na Capital. Também aproveitou para pedir que as pessoas eliminem os focos de dengue assim que tudo se normalizar.