A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


09/01/2017 06:00

Prefeito recusa cafezinho e relembra Coffee Break

Priscilla Peres

Tô Fora - Durante visita do prefeito Marquinhos Trad (PSD) na Suali (Superintendência de Abastecimento Alimentar), uma simpática funcionária preparou um cafezinho. Levou na xicará com pires e tudo, mas o prefeito agradeceu. "Obrigado, mas não quero. De CoffeeBreak eu tô fora", brincou.

Mostrando serviço -  A primeira semana do ano foi de novos gestores colocando a mão na massa. Em SP, João Doria (PSDB) se vestiu de gari como parte da Operação Cidade Limpa. Em Mato Grosso do Sul não foi diferente, Marquinhos Trad (PSD) de Campo Grande pegou uma picareta durante a operação tapa-buracos e em Três Lagoas, o prefeito eleito Ângelo Guerreiro (PSDB) manuseou uma motosserra para cortar árvores caídas após o temporal.

Correria – Nos primeiros oito dias de mandato, Marquinhos afirma que quase não teve tempo para dormir e mesmo assim, ainda não conseguiu colocar a casa em ordem. “Cheguei a passar 20 horas dentro do gabinete. A cidade está muito machucada, a situação é muito diferente do que foi apresentada na transição”.

Conforme a lei - Aplaudido na Câmara após resolver a questão dos terceirizados da Omep e Seleta, Marquinhos disse que só faz sua obrigação. "Só tem aplausos porque houve irregularidades, aí veio alguém e cumpriu a lei", disse ao afirmar que Alcides Bernal (PP) tinha pedido R$ 30 milhões de suplementação de R$ 30 milhões para isso e não o fez.

Pão e circo - Vereadores novatos aproveitaram a casa lotada na semana passada, para ganhar a plateia. "Eu voltei, 18 anos depois, para fazer a diferença e lutar pelas minorias", discursou o vereador Valdir Gomes (PP). Já Francisco Veterinário (PSB) foi além e seguiu para frente do palco, como num programa de auditório. "Essa é uma nova era, a era Marquinhos Trad", gritou.

Quem tem dinheiro paga - Com tantos presos de 'colarinho branco', o senador WaldemirMoka (PMDB-MS) quer ressuscitar seu projeto para que "detentos ricos " paguem suas despesas no sistema prisional. Desde que foi apresentado, há 16 meses, muita gente foi detida, de empreiteiros a renomados políticos, o que deve favorecer uma nova votação já no retorno dos trabalhos.

Saúde em crise - No fim do ano passado, o hospital Adventista Pênfigo fechou o pronto-socorro da unidade matriz, localizada na saída para Sidrolândia, em Campo Grande. De acordo com a assessoria, o hospital quer ampliar o atendimento pelo SUS (Sistema Único de Saúde), por meio de um convênio com a prefeitura.

Mais mudanças - Porém, a segunda unidade do hospital adventista parece ir pelo mesmo caminho. A tendência é que o atendimento seja reduzido durante o primeiro semestre deste ano, mantendo apenas o serviço de dermatologia, motivo pelo qual hospital foi criado.

Descanso – O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) sai de férias nesta terça-feira (8) e deixará o Estado sob o comando de Rose Modesto (PSDB). O governador deve passar alguns dias pescando na Argentina.

Em ordem – Para os secretários, Reinaldo ainda não deixou orientações específicas, mas cada um deve ter de tomar conta de suas pastas de acordo com o planejamento que foi feito no ano passado. “Ele vai deixar a casa em perfeitas condições e vamos continuar trabalhando normalmente”, afirmou Carlos Alberto Assis, secretário de Administração.

(Colaborou Alberto Dias e Anahi Zurutuza)

Rotatória da Coca-Cola e a falta de educação
Boca-suja– O diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Janine de Lima Bruno, contou nesta semana que mudanças na confluência ent...
MDB teve divisões sobre Mochi candidato
Opinião – O deputado Eduardo Rocha (MDB) admite que a escolha de Junior Mochi para candidato na legenda não teve consenso desde o início, após a desi...
Senador critica "descaso" com Paraguai
Vizinho desprestigiado – O ministro Carlos Marun, da Secretaria de Governo, e o senador Pedro Chaves (PRB/MS) foram os dois únicos representantes de ...
Campanha tucana atrai 75% dos prefeitos
Apoio – Enquanto o MDB, antigo aliado histórico do PSDB, patinou para fechar sua candidatura do governo do Estado, os tucanos contabilizam adesões. N...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions