A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


06/11/2014 06:00

Prefeito terá dia "nervoso" nesta quinta-feira

Edivaldo Bitencourt

Nomes – O PPS deve emplacar o atual presidente, Athayde Nery, na administração de Reinaldo Azambuja (PSDB). Ele foi presidente da Fundação Municipal de Cultura e pode assumir área semelhante na administração estadual. O ex-vereador já faz parte da equipe de transição.

Governo – Outro integrante da equipe de transição, Sérgio de Paula, é cotado para assumir o comando da Casa Civil. Ele foi um dos coordenadores da campanha de Reinaldo e ficou responsável pela articulação com o interior.

Educação – A vice-governadora Rose Modesto também terá papel ativo na nova gestão. Integrante da equipe de transição, ela pode assumir a Secretaria Estadual de Educação ou até o comando da Assistência Social.

Tensão – O prefeito da Capital, Gilmar Olarte (PP), tem um dia decisivo na Câmara Municipal. Os vereadores resistem a aprovar o reajuste de 18% no IPTU de 2015. O índice é três vezes à inflação acumulada nos últimos 12 meses.

Missão – Aprovar o índice do tributo é a primeira grande missão do novo líder do prefeito, Edil Albuquerque (PMDB). Ele reassumiu o mandato e com a espinhosa missão de controlar a rebelião na base aliada, que, teoricamente, tem maioria para aprovar qualquer projeto no legislativo.

No vermelho – A campanha de Nelsinho Trad (PMDB) fechou no vermelho, com uma conta de R$ 636 mil para pagar. Em terceiro na disputa do Governo do Estado, ele deverá contar com apoio do PMDB nacional para quitar o débito.

Curto circuito – Um ventilador, na entrada do gabinete do prefeito, teve um curto circuito no final da tarde de ontem. Só não houve danos maiores porque um funcionário cortou os fios e evitou a propagação do fogo na sala.

Impasse – A reunião entre o prefeito e os professores foi tensa. Durante entrevista, Olarte bateu na mesa várias vezes e insistiu, mais de uma vez, que precisa ter voto de confiança do magistério. Ao ser questionado sobre os gestos, o progressista alegou que estava muito motivado.

Greve – Os professores decidiram manter a greve na rede pública. Em assembleia geral na ACP hoje, eles devem ratificar a mobilização e vão pressionar o prefeito a conceder o reajuste de 8,46% retroativo a outubro e imediatamente. A paralisação pode prejudicar 94 mil estudantes e ocorre após 14 anos.

Desfalque – O senador Delcídio do Amaral (PT), derrotado no segundo turno, foi o único desfalque na reunião de Reinaldo com a bancada federal em Brasília. Os outros dois deputados federais do PT compareceram ao encontro e prometeram apoio.

(colaboraram Filipe Prado e Ludyney Moura)

Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions