A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


31/12/2013 07:00

Prefeitura paga R$ 70 mil por show de galinha

Edivaldo Bitencourt

Galinha de ouro – A Prefeitura da Capital pagou R$ 70 mil pelo espetáculo “Galinha Pintadinha – Cadê Popô?”. O evento ocorreu no dia 12 deste mês na Praça do Rádio Clube. Não houve licitação, conforme o extrato publicado ontem no Diário Oficial de Campo Grande.

Vice – O vice-prefeito Gilmar Olarte (PP) reagiu com bom humor aos ataques do prefeito da Capital, Alcides Bernal (PP). Nem mau evangélico nem mau político. “Em nome da minha ética partidária, não vou responder aos ataques”, afirmou.

Indeciso – Único da oposição a votar contra a Comissão Processante, o vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), mantém mistério sobre a cassação de Bernal. Ele disse que não anunciou o voto nem para os colegas nem para os amigos.

PTB dá sorte – O presidente regional do PTB, Ivan Louzada, tranqüilizou o prefeito Alcides Bernal sobre a chegada do Ano Novo. “Será bem melhor porque tem o número 14”, afirmou, destacando o número da sigla

Preparo – Os petistas reagiram à declaração de Louzada e devolveram a piada. Antônio Carlos Biffi, deputado federal, e Marcus Garcia, ex-presidente estadual do PT, garantiram que 2013 foi o ano de preparo para vencer o jogo em 2014.

Exemplo – O deputado federal Vander Loubet (PT), que nunca conseguiu ganhar a prefeitura da Capital, deu conselhos a Bernal ontem. Ele citou o exemplo de Lula, que pousou para um foto polêmica ao lado do deputado federal Paulo Maluf (PP), para eleger Fernando Haddad (PT) em São Paulo. Ele disse que o prefeito deve estender a mão aos vereadores em nome da paz e governabilidade.

Quinze – O vereador Paulo Pedra (PDT) ganhou um cargo na prefeitura e já está otimista com a gestão de Bernal. Além de comandar a poderosa pasta da habitação, ele aposta que a base aliada deve chegar a 15 vereadores em 2014. Atualmente, são nove aliados.

Sem atrito – O vereador Jamal Salem (PR) não quer se indispor com a imensa base oposicionista na Câmara Municipal. Este é o principal motivo dele estar com os pés em duas canoas, da base aliada e da oposição. Ele indicou a presidente do Instituto Municipal de Previdência, mas não oficializou a adesão.

Tempo – O prefeito Alcides Bernal vai ganhar um fôlego em 2014. A Câmara Municipal só deve retomar o processo de cassação do mandato em fevereiro, quando acaba o precioso recesso parlamentar. Os vereadores decidiram não estragar férias de ninguém.

Perna da rasteira – Para o petista Ayrton Araújo, o prefeito quase levou uma rasteira da perna esquerda em 2013. Ele aposta que o chefe do Executivo entrará com a perna direita no próximo ano. Bernal caiu na gargalhada.

(colaboraram Leonardo Rocha e Vinícius Squinelo)

Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...



É TUDO POLITICAGEM, QUEM ESTÁ CONTRA É POR QUE NÃO "MORDEU" E QUEM ESTÁ A FAVOR CERTAMENTE JÁ ESTÁ "MAMANDO"...
EU CIDADÃO BRASILEIRO SÓ DIGO UMA COISA: QUEM NÃO TEM PECADO QUE ATIRE A PRIMEIRA PADRA!!!!!!
 
JARY GUASINA em 31/12/2013 09:16:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions