A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


13/05/2014 06:00

Prefeitura proíbe cortar asfalto "novo"

Edivaldo Bitencourt

Recapear – A Prefeitura de Campo Grande adotou uma nova política e não vai mais permitir o corte de áreas recapeadas ou pavimentadas recentemente. A informação é do secretário municipal de Infraestrutura, Semy Ferraz. “Não vamos mais autorizar o corte do asfalto”, garantiu.

Dois pedidos – A Rua Spipe Calarge é a primeira via a ser “protegida” com a nova medida. Na semana passada, dois pedidos de recorte para ligação de água foram negados pelo município. A ligação só poderá ser feita de forma subterrânea, que é o sistema mais caro, segundo o secretário.

Rescisão – A Prefeitura também decidiu que vai rescindir os contratos com as empresas sem condições de tocar as obras na cidade. O objetivo é garantir a entrega de todos projetos em andamento, como unidades básicas de saúde, centros de educação infantil e pavimentação.

Belas Artes – O exemplo mais emblemático de caso de empresa sem condições de concluir uma obra é do Centro de Belas Artes. A empreiteira teve o contrato rescindido e o município deverá realizar uma nova licitação para por fim à maldição do lugar, de ter um elefante branco não concluído há mais de 20 anos.

Terceira via – Agora é oficial: Mato Grosso do Sul tem três candidatos competitivos à sucessão do governador André Puccinelli (PMDB). São três pré-candidatos a governador: Delcídio do Amaral (PT), Nelson Trad Filho (PMDB) e Reinaldo Azambuja (PSDB).

Força de cada um – Delcídio conta a seu favor o recall de 2006 e de ter sido bem votado nas eleições de 2010. Nelsinho conta com a experiência de oito anos como prefeito da Capital. Azambuja aposta no novo e no recall da disputa da prefeitura em 2012.

Senado – Com a definição dos principais candidatos a governador, os partidos começam a definir os candidatos ao Senado. Com a saída de Azambuja e Puccinelli do páreo, só há uma candidatura competitiva: Simone Tebet (PMDB). Por enquanto, não surgiu nenhum nome para lhe ameaçar a repetir a trajetória do pai, Ramez Tebet.

Limpas – Os pré-candidatos prometem uma campanha de alto nível em Mato Grosso do Sul. Reinaldo Azambuja, Delcídio e Nelsinho condenaram, ontem, a tática de ataques pessoas e baixaria na hora de conquistar o voto do eleitor. Agora, resta saber, se as equipes vão seguir o conselho na prática.

Efetivo – Após quase dois meses como interino, João Alberto Borges foi efetivado como secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano. O prefeito Gilmar Olarte (PP) já lhe comunicou de que foi efetivado no cargo. Agora, Borges já sabe que não está esquentando a cadeira para ninguém.

Só um – Com a definição da Semadur, Olarte só tem uma pasta vaga no primeiro escalão. Ainda não definiu a titular da Secretaria Especial da Mulher. O PMDB ficou de indicar a nova titular, mas não há consenso sobre a nova secretária.

(colaboraram Kleber Clajus e Zana Zaidan)

Vinda de Temer a MS atraiu poucos políticos
Recepção solitária – Programada em meio ao clima de tensão política sem fim em Brasília, a agenda do presidente Michel Temer em Mato Grosso do Sul no...
Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions