A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


13/05/2014 06:00

Prefeitura proíbe cortar asfalto "novo"

Edivaldo Bitencourt

Recapear – A Prefeitura de Campo Grande adotou uma nova política e não vai mais permitir o corte de áreas recapeadas ou pavimentadas recentemente. A informação é do secretário municipal de Infraestrutura, Semy Ferraz. “Não vamos mais autorizar o corte do asfalto”, garantiu.

Dois pedidos – A Rua Spipe Calarge é a primeira via a ser “protegida” com a nova medida. Na semana passada, dois pedidos de recorte para ligação de água foram negados pelo município. A ligação só poderá ser feita de forma subterrânea, que é o sistema mais caro, segundo o secretário.

Rescisão – A Prefeitura também decidiu que vai rescindir os contratos com as empresas sem condições de tocar as obras na cidade. O objetivo é garantir a entrega de todos projetos em andamento, como unidades básicas de saúde, centros de educação infantil e pavimentação.

Belas Artes – O exemplo mais emblemático de caso de empresa sem condições de concluir uma obra é do Centro de Belas Artes. A empreiteira teve o contrato rescindido e o município deverá realizar uma nova licitação para por fim à maldição do lugar, de ter um elefante branco não concluído há mais de 20 anos.

Terceira via – Agora é oficial: Mato Grosso do Sul tem três candidatos competitivos à sucessão do governador André Puccinelli (PMDB). São três pré-candidatos a governador: Delcídio do Amaral (PT), Nelson Trad Filho (PMDB) e Reinaldo Azambuja (PSDB).

Força de cada um – Delcídio conta a seu favor o recall de 2006 e de ter sido bem votado nas eleições de 2010. Nelsinho conta com a experiência de oito anos como prefeito da Capital. Azambuja aposta no novo e no recall da disputa da prefeitura em 2012.

Senado – Com a definição dos principais candidatos a governador, os partidos começam a definir os candidatos ao Senado. Com a saída de Azambuja e Puccinelli do páreo, só há uma candidatura competitiva: Simone Tebet (PMDB). Por enquanto, não surgiu nenhum nome para lhe ameaçar a repetir a trajetória do pai, Ramez Tebet.

Limpas – Os pré-candidatos prometem uma campanha de alto nível em Mato Grosso do Sul. Reinaldo Azambuja, Delcídio e Nelsinho condenaram, ontem, a tática de ataques pessoas e baixaria na hora de conquistar o voto do eleitor. Agora, resta saber, se as equipes vão seguir o conselho na prática.

Efetivo – Após quase dois meses como interino, João Alberto Borges foi efetivado como secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano. O prefeito Gilmar Olarte (PP) já lhe comunicou de que foi efetivado no cargo. Agora, Borges já sabe que não está esquentando a cadeira para ninguém.

Só um – Com a definição da Semadur, Olarte só tem uma pasta vaga no primeiro escalão. Ainda não definiu a titular da Secretaria Especial da Mulher. O PMDB ficou de indicar a nova titular, mas não há consenso sobre a nova secretária.

(colaboraram Kleber Clajus e Zana Zaidan)

Gaeco tem suspeita de vazamento
Desconfiança – O Gaeco (Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado), responsável pela investigação que aponta envolvimento de policiais militare...
DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions