A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


31/05/2017 06:00

Promotor blinda inquérito que investiga secretário

Waldemar Gonçalves

Não e não – O promotor Marcos Alex Vera, da 30ª Promotoria de Justiça, está guardando a sete chaves investigação sobre o secretário estadual de Fazenda, Marcio Monteiro. Vera, que já chefiou o Gaeco, se recusou a falar com o Campo Grande News e negou pedido formal para acesso ao inquérito, contrariando o próprio edital de publicação, que informa a disponibilidade dos arquivos a quem interessar.

Aparecido – O ex-chefe do Gaeco é conhecido por ter olhos somente para a imprensa de grandes centros, no que diz respeito à divulgação de informações. Ele não explicou o motivo de vetar acesso à investigação citada, mas tem histórico de atender prontamente quando sabe que a entrevista aparecerá em rede nacional.

Economia doméstica – Após Délia Razuk (PR) arrochar o cinto e mandar cortar gastos, o vereador Marçal Filho (PSDB) sugeriu que a prefeita de Dourados dê bom exemplo e reveja a reforma administrativa aprovada em abril na Câmara. Ela recebeu críticas por aumentar em R$ 42 mil mensais as despesas com a criação de seis cargos de confiança.

Polêmica – A controversa palestra do procurador e pastor Sérgio Harfouche, na semana passada em Dourados, repercutiu durante a sessão de ontem na Câmara Municipal de Campo Grande. O vereador André Salineiro (PSDB) “saiu em defesa” do orador pelo trabalho que realiza nas escolas com os jovens.

Repúdio – O parlamentar condenou a moção de repúdio aprovada na Assembleia Legislativa pela intimação aos pais a comparecerem à reunião, sob pena de multa de até R$ 18 mil aos faltosos. O tucano, ao contrário, sugeriu uma moção de congratulação pelo Legislativo da Capital, o que acabou não acontecendo.

Só uma oração – “Ele está sendo injustiçado por muitas pessoas que não conhecem bem o trabalho dele. A pessoa faz um trabalho de doação a vida inteira de combate a prevenção à violência nas escolas e, porque faz uma oração numa palestra, as pessoas vão contra isso. Estamos invertendo os valores”, discursou Salineiro no plenário.

Desvio – Já Eduardo Romero (Rede) defendeu a convocação dos pais para a palestra voltada ao combate da evasão escolar. No entanto, criticou a forma com que o procurador juntou questões religiosas com públicas e o uso da “força judiciária” para convocar as famílias para fazer pregação, o que considerou um desvio de função equivocado.

Defendendo o colega – Na Assembleia Legislativa, onde o projeto da chamada Lei Harfouche aguarda segunda votação, ela também foi assunto. Paulo Siufi (PMDB) criticou o procurador de Justiça por ele ter falado do colega de plenário Pedro Kemp (PT), contrário ao texto. "Ele (Harfouche) perguntou ao público se eram favoráveis a uma moção de repúdio ao deputado".

Incentivou vaias – Outro que saiu em defesa do colega petista foi João Grandão (PT). Na visão dele, Harfouche incentivou "vaias" a Kemp durante o evento em Dourados.

Pizza não, churrasco – Questionado se a comissão especial que vai investigar as denúncias da JBS, poderia "acabar em pizza", o deputado Eduardo Rocha (PMDB) logo se esquivou, respondendo que "não gosta de pizza e, sim, de churrasco". Ele também garantiu que a apuração será isenta e bem-feita.

(com Leonardo Rocha, Ricardo Campos Jr. e Richelieu de Carlo)

Vinda de Temer a MS atraiu poucos políticos
Recepção solitária – Programada em meio ao clima de tensão política sem fim em Brasília, a agenda do presidente Michel Temer em Mato Grosso do Sul no...
Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions