A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


30/09/2017 07:00

Reinaldo diz que liberou deputados sobre lei reprovada

Marta Ferreira

“Ninguém ganhava” – Ao comentar porque vetou o projeto exigindo carta registrada para comunicar devedores, Reinaldo disse, a seu ver, a proposta não era de interesse público. Segundo ele, ao contrário de beneficiar o consumidor, poderia até prejudicar.

Ressalva - "Tomei esta decisão, mas deixei a base aliada liberada para votar sobre a questão e os próprios deputados optaram por arquivar o assunto", observou. O Campo Grande News mostrou esta semana que, em 40 dias, 15 parlamentares mudaram de ideia sobre o projeto aprovado por eles, mantendo o veto do governador, depois de pressão vinda do setor empresarial

Precisa definir - O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) comentou nesta sexta-feira a determinação do STF (Supremo Tribunal Federal) de afastamento do senador Aécio Neves (PSDB), que gerou um impasse entre Legislativo e Judiciário. Para ele, está com a ministra Carmem Lúcia, presidente do STF, a tarefa de pautar o assunto para uma decisão final, que vê como necessária.

Data marcada – O comentário do governador foi feito pela manhã. De tarde, o STF marcou para 11 de outubro o julgamento da questão. Nesta data, vai a plenário uma ação que questiona o papel do Supremo nos casos envolvendo parlamentares. Estava parada desde 2016.

Esperada – A chuva que a previsão do tempo prometeu por vários dias, e que só chegou nesta sexta-feira, a Campo Grande, não foi assunto só nas ruas. No discurso dos políticos durante eventos públicos ontem, ela foi bastante lembrada também.

Benção – Durante solenidade em que a Sanesul lançou um pacote de investimentos de R$ 67,8 milhões, o deputado Rinaldo Modesto (PSDB) disse que foi um "presente" de Deus e que todos deveria "agradecer ao Criador". Ele citou que o tempo seco estava prejudicando a saúde de crianças e idosos.

Bons ares - O prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha (PSDB), citou que a chuva iria melhorar as condições no campo e o diretor-presidente da Sanesul, Luiz Rocha, viu no fenômeno natural que esperado há 40 dias um sinal positivo. "Nos traz esperança, para anunciar obras de saneamento básico”.

Bem vinda – No mesmo horário, em outro evento, na Câmara de Campo Grande, foi o prefeito Marquinhos Trad (PSDB), que saudou a chuva. Indagado sobre novidades a contar, brincou que a única era a chegada da chuva.

Muito boi – Dos 5570 municípios brasileiros, Corumbá é o que tem o segundo maior rebanho bovino, ficando atrás apenas de São Félix do Xingu (PA). São 1,82 milhão de cabeças de gado, conforme números recentes do IBGE.

Comparação - A quantidade de bois em Corumbá é muito maior que a população do município localizado à beira do Rio Paraguai, que é de 109.899 habitantes. Se for feita uma proporção, são 16 bovinos para cada corumbaense.

(Com Mayara Bueno, Leonardo Rocha, Osvaldo Júnior)

Senador critica "descaso" com Paraguai
Vizinho desprestigiado – O ministro Carlos Marun, da Secretaria de Governo, e o senador Pedro Chaves (PRB/MS) foram os dois únicos representantes de ...
Campanha tucana atrai 75% dos prefeitos
Apoio – Enquanto o MDB, antigo aliado histórico do PSDB, patinou para fechar sua candidatura do governo do Estado, os tucanos contabilizam adesões. N...
Dois anos após "febre", Uber perde motoristas
Debandada – Quase dois anos depois de chegar a Campo Grande, e depois de muita polêmica, a plataforma de transporte por aplicativo mais conhecida, a ...
Cristhiano Luna é o nosso Lula
Livre - Um dos crimes de maior repercussão em Campo Grande teve novo capítulo na semana passada. O STF concedeu liminar e soltou Cristhiano Luna, ass...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions