ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 29º

Jogo Aberto

Reinaldo se arrisca nos pênaltis ao inaugurar arena

Por Adriel Mattos, Jhefferson Gamarra, Nyelder Rodrigues e Gabriela Couto | 20/10/2021 06:00
Apaixonado por futebol, governador não perdeu a chance de testar gramado sintético. (Foto: Kísie Ainoã)
Apaixonado por futebol, governador não perdeu a chance de testar gramado sintético. (Foto: Kísie Ainoã)

Batendo uma bolinha - O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), não resistiu e decidiu bater um pênalti durante o lançamento do programa “MS +Esporte”, em que entregou uma arena de futebol com grama sintética no Parque Tarsila do Amaral na terça-feira (19).

Quase - Na primeira tentativa, ele não teve tanta sorte. Mas na segunda, conseguiu marcar um golaço.

Agora vai? - O que deve sair primeiro? A reforma do estádio Morenão ou o mundial do Palmeiras? De acordo com o palmeirense e diretor-presidente da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer), Marcelo Ferreira Miranda, ambas as questões serão resolvidas ainda neste ano.

Palmeiras sem mundial - Em discurso, o corintiano Reinaldo não deixou barato e ainda brincou com o Vasco do prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD). “Vou aqui discordar do Marcelo desse mundial. Está aqui também o Marquinhos com o Vasco na Série B, mas vamos subir de série”, comentou, aos risos, enquanto o prefeito olhava para cima pedindo bênçãos ao time do coração.

Colocou para fora - A sessão da Câmara Municipal de Campo Grande foi aberta nesta terça-feira (19) com desabafos diversos, um deles do vereador Riverton de Souza, eleito pelo DEM e agora membro do União Brasil - fusão de DEM e PSL.

Não poupou - “Infelizmente parece que minha sigla é um partido de uma pessoa, não o partido que me apaixonei e consegui quase 4 mil votos. Ultimamente pessoas se nomeando dono do partido até anunciaram candidato a governador, mas não conversou com ninguém. O União Brasil vai se chamar Separa MS assim”, discursou Riverton, em referência à nova cotada como pré-candidata, a deputada federal Rose Modesto (PSDB).

Até o chão - Durante a votação do Dia do Samba, o vereador Tiago Vargas (PSD) votou favorável à criação da data e ainda explicou o motivo: “Quem me conhece sabe que eu gosto de mexer o popozão, gosto de samba, de funk”.

Bonita camisa, Valdirzinho - O estilo de Valdir Gomes (PSD) agradou Sandro Benites (Patriota), que elogiou a vestimenta do colega durante a votação.  “Quero parabenizar o Valdir, que está de rosa hoje. Está um gato!”, declarou.

Esvaziou - O deputado estadual Pedro Kemp (PT) reclamou da falta de presença dos colegas mesmo com a sessão mista da Assembleia Legislativa. Por volta das 10h40, apenas ele e outros cinco deputados estavam acompanhando os trabalhos, sendo a maioria de forma virtual. “Sessão online é uma maravilha”, ironizou.

Eventos - Deixaram a sessão para participar do evento do governo os deputados Carlos Alberto David (sem partido) e Herculano Borges (Solidariedade). Já Marcio Fernandes (MDB) cumpria agenda no Parque dos Poderes. Enquanto isso, Kemp terminava o discurso com apenas José Carlos Barbosa (DEM), Felipe Orro (PSDB) e Eduardo Rocha (MDB) em plenário. “Espero ter mais colegas para discutir da próxima vez”, lamentou.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário