ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, TERÇA  24    CAMPO GRANDE 33º

Jogo Aberto

Reunião hoje avalia medidas contra coronavírus na Capital

Por Marta Ferreira | 24/08/2020 06:00
Defensor-geral Fabio Rombi, que participa de reunião hoje sobre medidas contra o coronavírus. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)
Defensor-geral Fabio Rombi, que participa de reunião hoje sobre medidas contra o coronavírus. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Análise – Reunião marcada para esta segunda-feira (24) vai avaliar as medidas de restrição de circulação em Campo Grande em vigor no momento, entre elas o toque de recolher das 22h até às 5h. Participam representantes da prefeitura, da Defensoria Pública e do MPMS (Ministério Público Estadual).

Combinado – A avaliação é parte do acordo firmado na Justiça, depois que ação pediu a decretação de lockdown na cidade, duas semanas atrás. O defensor-geral Fábio Rombi, que na semana passada oficializou a desistência do processo, disse à coluna que o encaminhamento vai depender dos números da covid-19 na cidade.

Muda ou não ? – Uma alteração nas providências adotadas vai depender, esclareceu Rombi, de como a curva da covid se manifestou nos últimos. “A reavaliação deve ser constante. A flexibilização ou restrição depende da evolução do quadro”, informou.

Números – O boletim da Secretaria de Saúde de sábado indicava 18 mil contaminados pelo novo coronavírus em Campo Grande. O número de mortos pela doença chegava a 282.

Marca triste – Pela evolução da doença, no aniversário de 121 anos, a pandemia de covid-19 terá chegado a 300 óbitos em Campo Grande. Como se sabe, há famílias que perderam mais de um ente para o vírus surgido no fim de 2019.

Ela - Por sete votos de diferença, plenária virtual realizada pelo Partido dos Trabalhadores em Campo Grande deu vitória à “rebelião” feminina na legenda. A consulta feita no sábado escolheu Eloisa Castro Berro para formar chapa, como candidata a vice, com o deputado estadual Pedro Kemp.

Resultado -  No placar da votação, Eloísa, ex-secretária do governo Zeca do PT na área de assistência social, teve 26 votos. O adversário na disputa interna, Flávio Moura, foi a escolha de 19 dos que tinham direito a opinar. Flávio é filho do deputado estadual José Almi.

Derrota – Para desqualificar a investigação contra seu cliente, o advogado Jean Carlos Cabreira reclamou à justiça de vazamento de informações, atribuindo ao responsável pelo inquérito, o delegado Carlos Delano, da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios, o vazamento ilegal de dados da apuração contra o “Pedreiro Assassino”, autor confesso de sete mortes. Perdeu tanto no primeiro quanto no segundo grau, já que os magistrados consideraram direito da sociedade saber do andamento do processo contra o serial killer e descartaram irregularidades na condução do inquérito.

Então...– Cabreira queixou-se, especialmente, de fotografia feita pela reportagem do Campo Grande News durante interrogatório de Cleber de Souza Carvalho, o criminoso. Sobre isso, trecho dos autos no TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) diz que a imagem foi produzida em local onde o próprio advogado deu entrevista, ou seja, na presença dele.

Quem sabe? – “Verifica-se que o próprio patrono do apelante concedeu entrevista manifestando acerca do depoimento prestado por seu cliente, de maneira que poder-se-ia, até mesmo, a ele atribuir o "vazamento" dos detalhes do suposto cometimento do delito”, afirma o texto.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário