ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, SÁBADO  04    CAMPO GRANDE 25º

Jogo Aberto

Secretário de Marquinhos se revela um “showman”

Por Adriel Mattos, Gabriela Couto e Helio de Freitas | 19/10/2021 06:00
Antônio Lacerda quebrou a timidez de muitos convidados. (Foto: Direto das Ruas)
Antônio Lacerda quebrou a timidez de muitos convidados. (Foto: Direto das Ruas)

Deixa comigo – O secretário municipal de Governo e Relações Institucionais, Antônio Lacerda, esbanjou desenvoltura no evento de anúncio do plano de recuperação dos danos da tempestade de sexta-feira (15), realizado no Paço Municipal, nesta segunda-feira (18). Ele assumiu a apresentação até a chegada do prefeito Marquinhos Trad (PSD).

Lacerda vem aí – Enquanto Marquinhos concluía despachos no gabinete, Lacerda ocupou o palco do Teatro do Paço para apresentar ao público os empresários que devem auxiliar nos esforços de recuperação dos estragos e de ajuda às famílias afetadas. Ele caminhou por todo o teatro convidando cada um a se levantar e falar ao microfone.

Sua vez, chefe – Quando o prefeito chegou ao teatro, o secretário entregou a condução do evento ao cerimonial. O comentário geral era de que o desempenho de Lacerda foi superior ao de um apresentador de televisão.

Calma – Durante o discurso do prefeito, um empresário anunciou uma doação de R$ 50 mil para a prefeitura empregar na força-tarefa. Após os aplausos, Marquinhos pediu calma. “Não estamos num leilão, ninguém aqui precisa sentir obrigado a doar mais, pode nos procurar em particular, que vamos receber com carinho”, afirmou.

É difícil – Na sessão de segunda-feira (18) da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Pandemia, a senadora Soraya Thronicke (PSL-MS) lamentou que a irmã ainda não se vacinou contra a covid-19. “Tenho uma irmã lá nos Estados Unidos que se nega a tomar a vacina, não deu a vacina para os filhos e não há Cristo que faça ela entender a necessidade disso. E nós sofremos aqui, sofremos com medo”, disse.

E é sério – Soraya voltou a criticar pessoas que minimizam a doença causada pelo novo coronavírus. Lembrou ainda que ela mesma foi criticada por defender “vidas acima de tudo” nas redes sociais e que o enfrentamento à pandemia está acima de ideologias políticas.

Lá vem ele – O vereador de Dourados Maurício Lemes (PSB) apresentou projeto de lei que cria o Dia do Torcedor Flamenguista. A matéria virou o comentário principal da cidade, que questiona se não há outros problemas que deveriam estar no foco do parlamentar.

Acordo – Em 2015, Lemes teve de pagar R$ 3 mil a uma entidade assistencial após ser denunciado por apalpar a então vereadora Virgínia Magrini (PP). Ele chegou a ter o mandato suspenso por 20 dias.

Brindes – O Governo do Estado vai gastar R$ 21,8 mil para compra de brindes da MS Gás. Os souvenirs foram adquiridos com dispensa de licitação.

Ué? – Apesar da Assembleia Legislativa estar fechada para o público até o dia 22 de dezembro, será realizada na noite desta terça-feira (19), a solenidade de entrega da comenda Professora Maria Ildonei de Lima Pedra para 26 profissionais da educação.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário