ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 29º

Jogo Aberto

Secretários de Bernal levam Nossa Senhora no peito

Por Edivaldo Bitencourt | 10/03/2014 06:00
"Tropa de choque" com santa no peito.
"Tropa de choque" com santa no peito.

Concorrida – A feira do Guanandi virou ponto certo da política campo-grandense. No domingo, os dois lados na polêmica sobre a cassação do prefeito Alcides Bernal se encontraram, por coincidência, entre as barracas dos feirantes. O grupo do presidente da Câmara, Mario Cesar, deu de cara com secretários municipais.

Panfletagem - De um lado, Mario Cesar e os assessores aproveitaram o dia para distribuir panfletos fazendo propaganda do mandato, mostrando, por exemplo, lei de autoria do peemedebista que regulamenta feiras livres e que estabelece, dentre outras coisas, a limpeza e instalação de sanitários nesses locais.

Pela fé - Na outra direção, vinham quatro secretários do prefeito, todos com medalha de Nossa Senhora no peito e nas mãos os panfletos “Não ao Golpe”, em campanha para aumentar a popularidade de Bernal, diante da ameaça de cassação ressuscitada pela Câmara. Os dois grupos fingiram não se conhecer e ficaram em calçadas opostas.

Novo secretariado - A cassação do prefeito Alcides Bernal (PP) é considerada tão certa para alguns, que até o novo secretariado já estaria definido. Há gente "nomeada" com antecedência que nem esconde mais que vai estar na equipe da nova administração, quando o vice-prefeito Gilmar Olarte (PP) assumir o cargo.

Novos desafios  - Na segunda tentativa de cassar o prefeito, a Câmara Municipal corre o risco de ser despejada na véspera, na terça-feira (11). Os vereadores podem improvisar uma sessão em praça pública para julgar Bernal caso a Justiça acate o pedido de despejo dos donos do prédio.

Patinando - As obras de um dos restaurantes mais esperados da cidade estão emperradas no Shopping Campo Grande. Empresas contratadas pelo Outback dizem que há divergências em relação ao projeto, o que pode comprometer a inauguração ainda no primeiro semestre deste ano.

Mãe já sabe - Após nota publicada no Jogo Aberto, publicitário contou para a mãe que foi o autor dos anúncios inusitados em que o "tinhoso" comprava a alma de quem estivesse precisando de dinheiro na praça. O jovem, que é funcionário público, tomou coragem e revelou-se para a matriarca.

Avisei - Ao tomar conhecimento das "brincadeiras" do filho, a mulher foi logo dizendo que não foi por falta aviso. "Já te falei, não se brinca com o capeta", advertiu. O publicitário só tinha o objetivo de instigar os pedestres que passam na rua com as "intervenções urbanas".

Acha que é o RJ - Um funkeiro foi preso em Três Lagoas depois de divulgar música onde diz que a Polícia Militar será recebida com tiros de fuzil e rajadas de AR-15 se entrar em determinada região da cidade. O “MC Edgar” admitiu que escreveu a letra, jurou que era brincadeira, mas mesmo assim foi enquadrado por apologia ao crime.

Vale botox - Matéria do jornal Estadão revelou que nos últimos cinco anos, alguns senadores chegaram a gastar até R$ 70 mil em tratamento dentário. Dentre os gastos milionários autorizados pelo plano de saúde bancado pelo Senado, há até pedido de ressarcimento por aplicação de botox e sessões de psicoterapia e fonoaudiologia. Foram R$ 6,2 milhões gastos entre 2008 e 2012.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário