ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 27º

Jogo Aberto

Senadora assume partido com big propaganda na fachada

Por Gabriela Couto e Caroline Maldonado | 06/12/2023 06:00
Fachada da sede do partido com duas fotos gigantes de Soraya. (Foto: Alex Machado)
Fachada da sede do partido com duas fotos gigantes de Soraya. (Foto: Alex Machado)

Partido novo, sede velha - A senadora Soraya Thronicke inaugurou a nova sede do Podemos de Mato Grosso do Sul após sua posse nesta terça-feira (5) como presidente do partido. Curiosamente, o sobrado escolhido para atender os filiados é o mesmo que já foi utilizado por ela, quando estava no União Brasil. Mas ao contrário da logo da antiga legenda, a casa próxima à rotatória da Via Park com a Avenida Mato Grosso agora estampa fotos gigantes da parlamentar.

Extremamente saudável - Durante o discurso de posse, a senadora fez questão de ressaltar que superou o quadro alérgico que a deixou internada na UTI neste ano e está "extremamente saudável, renovada e 0 km" para conseguir tocar o partido no Estado. E a proximidade com o governador Eduardo Riedel (PSDB), que participou sorridente do evento, mostra que ela tem apoios importantes e deve retribuir em 2024.

Bastidores - Nos bastidores, a informação é que o secretário estadual de Governo, Pedro Caravina, deve deixar o Executivo em 2024 para fazer toda a articulação política do Podemos. Inclusive, mais do que Soraya, ele foi ovacionado pela plateia e ocupou lugar de honra na mesa das autoridades.

Postagens certeira - O senador Rodrigo Cunha (Podemos) acompanhou a posse de Thronicke e bateu na tecla de unanimidade da senadora entre os colegas em Brasília. "O MS tem uma das melhores senadoras do país. Eu falo que quando a gente tira uma foto, pensamos dez vezes antes de postar, com medo do que pode acarretar para nossa imagem. Mas com a Soraya não tenho esse receio".

Maridos de onças - Também durante o evento, Soraya lembrou da presença do marido. Curiosamente, Carlos César Batista estava sentado na mesa de som, ao fundo da mesa de autoridades, e ao lado do secretário estadual da Casa Civil, Eduardo Rocha, marido da ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet . "Dizem que quando uma mulher entra em uma candidatura política, no outro dia sai o divórcio. Não é fácil ser mulher na política, eu mesma renasço das cinzas todos os dias. Mas ali está meu marido, ao lado do marido da Simone. Eles sabem o que tem que aguentar pra continuar casado com mulheres que viram onça".

Então é Natal - Começou a época de confraternizações e os partidos políticos estão convidando as lideranças e filiados para festejar o final de ano. O Progressistas já marcou a data. No próximo dia 7 de dezembro será a confraternização para os vereadores, prefeitos e vice-prefeitos da sigla no Estado. Até o momento, cerca de 80 filiados confirmaram presença no evento, que será realizado às 19h, no Recanto Ratier, localizado na Rua Pernambuco, em Campo Grande.

Abusada - A vereadora Luiza Ribeiro (PT) quebrou o protocolo e regra do regimento interno da Câmara Municipal ao ir trabalhar de camiseta. Na roupa branca estava a palavra 'abusada' em letras garrafais. "Estamos participando de um movimento mundial de 21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher", justificou. Além disso, a parlamentar citou o nome de todas as vítimas de feminicídio da Capital. Ela afirmou que tem ido aos terminais de transporte coletivo, às 6h, orientar a população.

Escravo do regimento - O presidente da Câmara Municipal, Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), questionou o plenário sobre a permissão da vereadora petista. "O Dr Loester Nunes (MDB) veio me pedir aqui, porque nestes casos a gente orienta o vereador que está sem a vestimenta adequada a sair da sessão ou suspendemos a sessão. E eu sou escravo do regimento. Mas como o tema da vereadora é importante, vamos abrir exceção apenas hoje".

Novela eterna - Obra que já completa 32 anos e o mais emblemático “elefante branco” de Campo Grande, o Centro de Belas Artes entrou em novo capítulo de sua “novela”. Como a prefeitura não anuncia as rescisões de contrato, já estava passando despercebida a “nova” paralisação da obra, ocorrida assim que Marcelo Miglioli assumiu o comando da Sisep (Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos), em novembro. No entanto, o vereador Ronilço Cruz, o “Guerreiro” (Podemos), “botou a boca no trombone”.

Blindados – Operação de segurança na Amazônia recebeu uma ajudinha de Mato Grosso do Sul. O Governo Federal resolveu enviar 16 blindados para Boa Vista (RR), cinco saíram aqui do Exército. A ação já estava prevista, mas foi antecipada por conta de tensão na fronteira, após ameaças da Venezuela de invadir a Guiana e anexar território rico em petróleo.

Nos siga no Google Notícias