ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 22º

Jogo Aberto

Será que o vereador Carlão atrai temporais?

Por Silvia Frias, Gabriela Couto, Jackeline Oliveira, Caroline Maldonado e Maristela Brunetto | 27/11/2023 06:00
Adriane Lopes passa o cargo, interinamente, para o presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Carlos Augusto Borges (Foto: Alex Machado)
Adriane Lopes passa o cargo, interinamente, para o presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Carlos Augusto Borges (Foto: Alex Machado)

Agora vai - A Câmara Comunitária, evento que leva vereadores aos bairros, deve ocorrer no dia 8 ou 9 de dezembro. A Casa de Leis planeja desde o início do ano e chegou a marcar data anteriormente, mas cancelou. Agora, o presidente da Câmara, vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), disse que o evento será realizado e terá até mutirão para emissão de documentos, consultas e até atendimento para animais domésticos.

Pé-frio? - Carlão, aliás, está assoberbado esta semana, já que assumiu a prefeitura interinamente, enquanto a titular, Adriane Lopes (PP), participa 3ª Expedição da Rila (Rota de Integração Latino-Americana). Durante a transmissão de cargo, disse que esperava contar com a sorte. "Da última vez fiquei dois dias na função e choveu tanto na cidade que fui acionado às 4h”, recordou-se.

Foi só falar... – As evidências depõem contra o prefeito interino, que aparece atrair mesmo as intempéries. Ontem, caiu forte chuva sobre a cidade, com ventos de até 52 km/h, causando enxurradas, transbordamento de córregos, alagamentos e destelhamentos. O prefeito interino permanece no cargo até quarta-feira e o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) renovou alerta para temporais. E esperar e manter o guarda-chuva a postos.

Vem mais! - As estradas da Rota Bioceânica estão se mostrando uma aventura e tanto para os participantes da expedição com destino a Iquique, no Chile. Ontem, em Poso Hondo, perto da fronteira do Paraguai com a Argentina, duas caminhonetes atolaram no trecho sem asfalto e afetado pelas chuvas. Coube ao titular da Semadesc (Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação), Jaime Verruck, o papel de flanelinha da vez, comandando a retirada dos veículos. E deu certo, mandou bem.

Novos ares – Em 2024, os alvos de operações contra corrupção, tráfico e outros crimes federais poderão desfrutar das novas instalações da Polícia Federal, em Campo Grande. Licitação foi aberta para reforma e ampliação do prédio, e as propostas de arquitetura e engenharia devem ser entregues até 22 de dezembro, na sede do órgão, na Vila Sobrinho. Muita gente graúda já passou pelo antigo prédio e pode dizer se o imóvel está precisando de uma demãozinha de tinta.

Acordo - A Acrissul deve fechar, em breve, acordo com MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) para tentar liberar valores em uma cobrança referente a medidas descumpridas de antigo TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), sobre o barulho de shows e adaptações exigidas para o Parque de Exposições Laucídio Coelho. A multa, que já chegou a R$ 3,6 milhões, voltou a ser negociada em audiência de conciliação conduzida pelo TJMS. O presidente da associação, Guilherme Bumlai mostrou otimismo após o encontro.

Mais tempo – A Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) alterou a data final das sessões plenárias de 2023. Anteriormente, a previsão era encerrar as atividades no dia 14, mas as demandas pendentes obrigaram a prorrogação, agora, prevista para o dia 20.

Concurso – E não só de projetos vive a Alems na reta final de 2023. No dia 12 de dezembro, está marcada a premiação dos três primeiros colocados do I Concurso Estadual de Redação da Escola do Legislativo. A comissão avaliadora já selecionou 40 das 106 redações inscritas. O vencedor receberá certificado e, a escola, prêmio em dinheiro.

Sonho meu - A vereadora Luiza Ribeiro (PT) marcou presença na primeira reunião da frente parlamentar em prol da Tarifa Zero no transporte público, realizada em Brasília e presidida pelo deputado federal Washington Quaquá (PT-RJ). O objetivo do grupo de deputados é debater estratégias para viabilizar o transporte público gratuito em todo o território nacional. Durante o encontro, Luiza deixou claro o sonho de implementar a gratuidade em Campo Grande, fazendo menção ao “Domingo Livre”, antigo benefício, já cancelado, que liberava a população de pagar a passagem em um domingo do mês.

Honoris – Três personalidades de Mato Grosso do Sul irão receber o título Doutor Honoris Causa, nomes que foram indicados e aprovados pelo Conselho Universitário da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), com atuação em ações pelos direitos humanos e pelo fortalecimento da identidade sul-mato-grossense. Este ano, a entrega será dada ao juiz aposentado e fundador do Instituto Luther King, Aleixo Paraguassu Netto, à artesã indígena reconhecida e premiada pelo trançado de aguapé, Catarina Guató e ao presidente da Fiems, Sérgio Longen. A cerimônia está marcada para hoje, às 19h, no Teatro Glauce Rocha.

Nos siga no Google Notícias