A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


04/08/2014 06:00

Sertanejo faz surpresa vestido de mulher

Marta Ferreira
Mariano vestido de mulher em arraial realizado na rua, em Campo Grande.Mariano vestido de mulher em arraial realizado na rua, em Campo Grande.

Em casa - Representante da geração de artistas que saíram de Mato Grosso do Sul para fazer sucesso nacional, a dupla Munhoz e Mariano é a que mais cultiva sua relação com a terra. Treinam por aqui e não deixam de participar das festas da família. No domingo, foram ao arraial feito todo ano na rua 13 de Junho, no bairro São Francisco, e circularam com muita simpatia. Na foto, Mariano aparece de óculos, vestido de mulher. De costas, a namorada Dani Bananinha.

Quem decide-O STF (Supremo Tribunal Federal) definiu os magistrados que vão relatar as ações em que o governo de São Paulo questiona legislações de incentivo fiscal para instalação de indústrias em Mato Grosso do Sul. A ministra Rosa Weber vai relatar a ação contra a principal lei, a que dá desconto de até 67%, no tributo. O mesmo processo questiona o decreto que prorrogou os incentivos fiscais a indústrias já instaladas.

Espera - A segunda ação aberta pelo governo de São Paulo no dia 25 de julho, contra decreto que concede incentivo à indústria cerâmica, será analisada pelo ministro Marco Aurélio, ex-presidente do Supremo. Nos dois casos, há pedido de liminar para suspender a validade dos benefícios fiscais.

Não é o caso – Ambas as ações haviam sido enviadas ao gabinete do vice-presidente do STF, Ricardo Levandowski, o próximo presidente da corte, sob o argumento de que eram casos de urgência. Esse tratamento foi afastado e o caso voltou aos relatores. Agora, a decisão sobre o pedido de liminar está nas mãos de Rosa Weber e Marco Aurélio.

Toque de caixa – Pouco mais de seis meses depois de inaugurar a primeira loja em Campo Grande, o grupo Havan prepara a inauguração de sua segunda unidade, em ritmo acelerado. Quem passa pela avenida Cônsul Assaf Trad vê que a obra segue até no fim de semana.

Quase – Outra loja que está prestes a chegar à cidade, a Leroy Merlin, do grupo francês especializado em decoração e material de construção, por um triz não foi para Cuiabá (MT). O motivo foi a indefinição na prefeitura, com atraso da liberação de alvará, que só ocorreu em fevereiro deste ano e era aguardado desde o ano passado.

Cadê pessoal ?– Outro problema se impõe a esses novos empreendimentos: a dificuldade de contratar pessoal. Não é de hoje que o comércio enfrenta falta de mão de obra. Apesar de muito aguardada, a rede Outback, por exemplo, não atraiu tantos interessados quando abriu seleção para 130 contratações e prorrogou o prazo por mais uma semana.

Está de parabéns – É tão raro um artista de fora acertar o nome do Estado que isso vira motivo de elogio quando ocorre. Foi assim com o vocalista do Jota Quest, Rogério Flausino, no fim de semana. Depois de fazer show em Bonito, no Festival de Inverno, o mineiro escreveu certinho Mato Grosso do Sul em seu Facebook. O post foi compartilhado e comemorado.

Carinho – Em sua primeira apresentação por aqui, a cantora Tulipa Ruiz também foi querida. Falou bem do público, “dançante e amoroso”, contou que seu avô é de Miranda, “vizinha a Bonito”, e que foi especial ter participado da apresentação de Lulu Santos.

Que situação- Seria engraçado, se não envolvesse uma força de segurança e um crime. Um policial que tinha de levar um preso para fazer exame no IMOL (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) neste domingo, em Campo Grande, descobriu, ao chegar à viatura, que um pneu estava furado. Depois de pedir para o preso “dar um tempo”, acabou saindo mesmo assim, para passar em uma borracharia antes de ir ao Instituto.

 

(Colaborou Viviane Oliveira)

 

Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions