ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 23º

Jogo Aberto

TJMS faz orçamento para devolver venda a olhos da estátua

Por Marta Ferreira, Anahi Zurutuza e Leonardo Rocha | 19/09/2020 07:00
Pedestres passam em frente à estátua da deusa Thêmis, no Fórum de Campo Grande, cuja venda nos olhos caiu e será recolocada. (Foto: Henirque Kawaminami)
Pedestres passam em frente à estátua da deusa Thêmis, no Fórum de Campo Grande, cuja venda nos olhos caiu e será recolocada. (Foto: Henirque Kawaminami)


Orçamento – Chamado pelo TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), o artista plástico Cleir já apresentou a proposta para reforma da estátua da deusa Thêmis que fica em em frente ao Fórum de Campo Grande. O monumento, que representa exatamente a imparcialidade que a Justiça deve ter, perdeu a venda nos olhos da deusa, que se revelaram verdes.

Uma década  -  Instalada em 2002, a estátua teve uma recauchutagem em 2011, ao custo de R$ 15,9 mil. Além da peça que caiu, que tampava os olhos, está bem desgastada e tem rachaduras. Ela é de concreto e tem 4 metros de altura.

À distância – Os partidos de Campo Grande têm preferido fazer o registro das candidaturas de vereadores e prefeitos diretamente pelo sistema, de forma online. Com isso, a campanha de 2020 já começa bem diferente dos pleitos anteriores.

Sem foto - No “modo pandemia”, com os registros sendo feitos à distância, não tem a tradicional cena de representantes dos partidos, ou o próprio candidato, apresentando a documentação necessária para a disputa.

Impulso – O deputado Dagoberto Nogueira (PDT), nem começou a campanha e já está com discurso pronto para uma eventual derrota. Candidato a prefeito em Campo Grande, diz partidos de oposição terão muita dificuldade para fazer campanha neste ano, por causa da pandemia de covid-19. Na opinião do parlamentar, isso vai favorecer a reeleição de muitos prefeitos.

Pacote - Pedro Kemp (PT), também candidato, comentou com a coluna que sua campanha será feita por uma produtora. A contratada ficará responsável por fazer os programas de rádio e TV e ainda cuidar das redes sociais na disputa em Campo Grande.

À distância - os partidos na Capital têm preferido fazer o registro das candidaturas de vereadores e prefeitos direto pelo sistema, de forma on line, sem ir até a sede do TRE- MS entregar os documentos.

Troca – O outdoor com a #ForaBolsonaro que provocou uma série de protestos em São Gabriel do Oeste e precisou ser censurado, sob ameaça de ser destruído por apoiadores do presidente, amanheceu ontem com mensagem sobre o direito à liberdade de expressão.

Artigo 5º - Segundo o advogado Ailto Seibert, um grupo apartidário pagou pela instalação do painel questionando por que a primeira-dama da República, Michelle Bolsonaro, recebeu R$ 89 mil de Fabrício Queiroz, investigado em esquema de corrupção. No lugar da arte que causou revolta, foi plotada mensagem sobre o Artigo 5º da Constituição Federal.

Democracia - "O intuito do grupo com isso é mostrar para a cidade que o direito constitucional é para todos. Assim como eles puderam colocar outdoors pró [Bolsonaro], nós temos direito de nos manifestar contra", disse Seibert.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário