A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


15/02/2016 06:00

Uso de drone para imagens vira atração em evento na periferia

Priscilla Peres

Otimista - O presidente da Aced (Associação Comercial de Dourados), Antonio Nogueira disse que é possível que o secretário de Saúde Sebastião Nogueira vença deputado federal Geraldo Resende, na disputa que haverá no dia 5 de março para saber quem será o candidato do PMDB a prefeito de Dourados.

Concorrência - Resende controla o diretório municipal e tem ampla maioria dos cargos, mas Nogueira, o Antonio, diz que é “questão de conversar” e convencer os convencionais qual o melhor nome. Adversário declarado de Geraldo Resende, o empresário entrou de cabeça na campanha para fazer o primo, que já foi vice-prefeito e deputado estadual, candidato a prefeito da segunda maior cidade de MS.

Disputa - Pelas contas de Antonio Nogueira, Sebastião tem 15 dos 45 votos e precisaria de pelo menos mais 11, para derrotar Geraldo Resende. Já o deputado espera uma “vitória esmagadora”, pois acredita que o colega médico terá apenas três votos – o próprio, o de Antonio Nogueira e do vice-prefeito Odilon Azambuja.

Cada um faz sua parte - O prefeito Leandro Peres de Matos (PV), de Naviraí, determinou que os gerentes e secretários de sua administração se comprometam a fazer a limpeza de suas instalações. O objetivo é que cada um haja para evitar que o mosquito Aedes Aegypti se instale e reproduza nos prédios municipais.

Novidade - O uso de um drone pela prefeitura de Campo Grande, para captar imagens durante evento, causou alvoroço entre os moradores das Moreninhas. As crianças gritavam e todos que esperavam o início da cerimônia de inauguração de uma unidade de saúde, olhavam para o céu. Até o cantor foi ignorado.

Sem controle - A organização da inauguração da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) nas Moreninhas, não estava das melhores. A população quase invadiu os lugares delimitados, quando a cerimônia começou. Sem contar que, com um palco pequeno, as autoridades tiveram que se amontoar até que, o prefeito Alcides Bernal (PP) quase caiu após escorregar.

Recado - Ao ver que o chefe iria cair, o secretário de governo, Paulo Pedra, correu para segurar Bernal. Foi quando ele virou e em alto e bom som, disse "Fica tranquilo Paulo, me derrubaram uma vez, mas a segunda não vão conseguir".

Boa memória - Faltando oito meses para as eleições que vão escolher prefeito e vereadores, parece que ainda está vivo na memória da população as últimas investigações. Vereadores acusados de participar de um esquema para tirar Bernal da prefeitura, foram vaiados enquanto discursavam enaltecendo o prefeito.

Paz na guerra - O dia nacional contra o mosquito Aedes Aegypti, lançado no sábado em todo o país promoveu momento único na Capital. O ministro do governo Dilma Rousseff, George Hilton, a vice-governadora Rosa Modesto (PSDB), e o prefeito Alcides Bernal, que evita ao máximo cumprir agenda com a Rose, que foi vereadora e votou pela sua cassação em 2014, por algumas horas estiveram unidos na guerra contra um mosquitinho, que tem causado terror à população.

Morno - A Campanha da Fraternidade apresentada ontem à população, reuniu pouco mais de 800 pessoas. Número bem menor que os 3 mil que compareceram aos ginásio Poli Dom Bosco na edição do ano passado. A organização se programou para receber 1.100 pessoas sentadas, mas sobraram cadeiras. A presença de autoridades políticas também foi bem escassa. Só o secretário de governo municipal, e ex-vereador, Paulo Pedra esteve presente.

(Com a redação)

Adeus a "Playboy" tem foto de bebida na mesa de bar
Despedida – Tem gosto amargo e dolorido, principalmente para as pessoas próximas, a última foto postada nas redes sociais por Marcel Colombo, conheci...
Campanha, tiro na escola e oportunismo
“Guerra virtual” – Não podia ser diferente. O episódio lamentável em que uma criança de 9 anos entrou armada na sala de aula em Campo Grande e atirou...
Justiça agora pode até cobrar Delcídio
Ainda à espera - A Justiça Eleitoral rejeitou o registro de candidatura de Delcídio Amaral (PTC) ao Senado, depois da derrota nas uras. A juíza Eliza...
Clima de campanha não poupa nem festões
Todo lugar - O clima de campanha, neste segundo turno polarizado, não deixa escapar nem os casamentos. Durante festa no sábado no bufê Murano, na Ave...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions