A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


02/01/2015 06:00

Vaga de conselheiro do Tribunal de Contas vai depender da Justiça

Edivaldo Bitencourt

Justiça – O STJ (Superior Tribunal de Justiça) deve decidir quem fica com a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. A avaliação é dos presidentes da Assembleia Legislativa, Jerson Domingos (PMDB), e da corte fiscal, conselheiro Waldir Neves.

Cumprir – Um dos principais defensores da indicação do deputado estadual Antonio Carlos Arroyo (PR) para o TCE, Jerson Domingos afirmou que vai acatar a decisão da Justiça. O recurso ao STJ é a última esperança do parlamentar assumir a vaga de José Ricardo Pereira Cabral.

Nulo – Para o corregedor-geral do TCE, conselheiro Ronaldo Chadid, não há dúvidas sobre o processo de aposentadoria de Cabral. Na primeira manifestação pública, ele classificou a aposentadoria como “fraudulenta e ilegal”.

Disputa – Durante a transmissão do cargo na Governadoria, partidários de André Puccinelli (PMDB) e Reinaldo Azambuja (PSDB) mediram forças no grito. O peemedebista foi o primeiro a surgir e metade da platéia entoou o grito “André, André”. Em seguida, o grupo repetiu o mesmo para o governador: “Reinaldo, Reinaldo!”.

Mau exemplo – O deputado estadual eleito Flávio Kayath (PSDB) precisou ser carregado na cadeira de rodas para entrar no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo. O local não tem acessibilidade e o ex-prefeito de Ponta Porã, que é cadeirante, sentiu na pele o descaso com os portadores de deficiência do local.

SinalReinaldo Azambuja espera obter um consenso entre os deputados do grupo para disputar a presidência da Assembleia Legislativa. Ele disse que o candidato pode ser o democrata José Teixeira ou o tucano Onevan de Matos. Kayath corre por fora como terceira via.

Nem menção – O governador não mencionou o nome do deputado estadual Júnior Mochi (PMDB). O líder peemedebista espera contar com o aval do tucano para ser eleito presidente do legislativo estadual.

Boas notícias – Reinaldo reafirmou, no discurso de posse, as principais promessas de campanha, como priorizar a saúde e reduzir os tributos sobre o óleo diesel e etanol. Também garantiu que vai promover um governo de inclusão social.

Ostensivo – No primeiro feriadão atuando no trânsito, a Guarda Municipal se mostrou de forma ostensiva no trânsito de Campo Grande. Com viaturas novas, os agentes municipais foram vistos em várias regiões da Capital durante a noite de réveillon.

Exceção – O vereador Chocolate (PP) foi o único vereador a prestigiar a festa do réveillon da família”, promovida pela prefeitura na Praça do Rádio. Segundo a assessoria do município, secretários municipais também prestigiaram a festa, que teve queima de fogos e reuniu 5 mil pessoas.

(colaboraram Leonardo Rocha, Filipe Prado, Marcelo Calazans e Angela Kempfer)

Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...
O entrave no cadastro de pedófilos
Entrave burocrático – Autor do projeto de lei que criou o cadastro de pedófilos em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado estadual Carlos Alberto David, d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions