A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


07/03/2015 07:00

Vereador faz "mutirão" de abraços para mulheres

Edivaldo Bitencourt

Reação – As entidades ligadas ao PT decidiram reagir e estão organizando manifestação de apoio ao Governo. O ato será liderado pela CUT (Central Única dos Trabalhadores) e pela Fetems (Federação dos Trabalhadores em Mato Grosso do Sul). A passeata está prevista para sexta-feira, dia 13, às 9h da manhã, na Praça do Rádio.

Bandeiras – O grupo não vai defender, oficialmente, a presidente Dilma Rousseff (PT). No entanto, as bandeiras são as mesmas da petista: reforma política, fortalecimento da Petrobras e combate à corrupção.

Ação – O primeiro grupo vai realizar uma manifestação no domingo, dia 15, a partir das 16h, e a concentração também será na Praça do Rádio. Oficialmente, nenhuma entidade apóia o ato, mas que vem ganhando adeptos nas redes sociais e nos aplicativos de telefones celulares.

Bandeiras 2 – A manifestação será contra a corrupção e pelo impeachment da presidente da República Dilma Rousseff. Este grupo vê envolvimento da petista nas denúncias de irregularidades na Petrobras. O reforço virá da campanha do PSDB, que começa hoje, e vai reforçar o tiroteio contra Dilma no horário eleitoral na TV e no rádio.

Terra sem futebol – Não bastasse a interdição do Estádio Morenão, o MPE (Ministério Público Estadual) fechou o Douradão. Agora, além da Capital,a segunda maior cidade do Estado vai ficar sem estádio para os jogos do Campeonato Estadual de Futebol.

Vergonha – O futebol sul-mato-grossense passa por uma das maiores crises da sua história. Em Campo Grande, os clubes tradicionais agonizam. No interior, a falta de financiamento também compromete o segmento.

Reforço – O MPE também decidiu agir e tentar acabar com os congestionamentos na rotatória da Via Parque com a Avenida Mato Grosso. Quatro procuradores decidiram se unir e pedir perícia para apontar a solução definitiva para o local. Eles desconfiam da solução da prefeitura, que prevê a instalação de um semáforo três tempos no trecho.

Sem áreas – O vereador Edil Albuquerque (PMDB) alertou que o município não dispõe mais de áreas para a doação para atrair novas empresas. Atualmente, a Câmara conta com dezenas de projetos de incentivo, que ainda não foram aprovados pelos vereadores.

Travado – O projeto que prevê a criação da Cidade do Ônibus, com investimento de R$ 50 milhões, continua parado no legislativo municipal. Os vereadores analisam com “muito cuidado” a proposta para reunir todas as empresas do transporte intermunicipal de passageiros em uma área na saída de São Paulo.

Cada homenagem – Amanhã é comemorado o Dia Internacional das Mulheres. Para lembrar a data, o vereador Otávio Trad (PTdoB) decidiu presenteá-las com "mutirão" de abraços. Disposto a cumprir a missão, o parlamentar e assessores foram aos locais públicos, como camelódromo, para “abraçar” as mulheres. Ah, ...

(colaborou Kleber Clajus)

Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...
"Nem a pau", diz Correa sobre desistir de ação contra JBS
Negativo - “Nem a pau”. Essa foi a reação do presidente da CPI da JBS, Paulo Correa (PR), à cogitação de retirar a ação contra a empresa, para preser...
Bonito quer bombar com shows gringos no Carnaval
Bombando - Empresários estão investindo pesado no Carnaval de Bonito 2018. Além da celebridade internacional Paris Hilton, uma das atrações em negoci...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions