A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


29/06/2013 07:05

Wilson Barbosa melhor do que nunca?

.

Saúde - Profissionais que atendem o ex-governador Wilson Barbosa Martins comentam que o paciente anda mais disposto que antes do derrame que o mandou para o hospital. Apesar de tudo apontar para o contrário, a recuperação é certa, garante um dos médicos.

Coitado do Bento - O governador André Puccinelli (PMDB) não perdeu a oportunidade de brincar com prefeito de Caracol, Manoel Viais (PT), sobre o fato do candidato Bento Afonso (PSL) não poder concorrer à prefeitura, já que as eleições suplementares foram canceladas pelo TRE. “Coitado do Bento, vai ficar só na vontade”, brincou o governador.

Eu voltei....- André também brincou com o prefeito Manoel Viais, sempre cantarolando a música de Roberto Carlos, quando este era chamado para dar alguma declaração. “Eu voltei agora pra ficar...”, dizia ele a cada movimento do prefeito de Caracol, que teve a cassação suspensa nesta semana.

Antigamente - O governador revelou aos convidados em solenidade de entrega de instrumentos de fanfarras, que quando conheceu o deputado estadual Junior Mochi (PMDB) ele ainda tinha cabelos. No entanto, lembrou que agora que o deputado preside a direção estadual do partido, restaram apenas uns “fios” para contar história.

Impedida - A prefeita de Jardim, Cláudia Barbosa (PMDB), não conseguiu participar da solenidade que marcou a entrega de instrumentos pelo governo a três municípios, entre eles a cidade de Jardim. Ela ficou “parada” na barreira feita pelo MST (Movimento Sem Terra), que bloqueou 7 estradas em Mato Grosso do Sul.

Outra chance - Como nenhum prefeito dispensa tal oportunidade, para aproveitar e apresentar o pires ao governador, André Puccinelli garantiu que “entendeu” a situação e ficou de marcar um novo horário para doar os instrumentos a prefeita.

Puxão de orelhas - O presidente do CNJ. ministro Joaquim Barbosa, vai cobrar dos Tribunais de Justiça e dos Tribunais Regionais Federais o julgamento até o fim deste ano de todos os 121.850 processos relacionados à improbidade administrativa e crimes contra a administração pública distribuídos até 2011.

Vai mal - O problema é que levantamento realizado pelo Conselho nacional de Justiça até este mês mostra que só 36,55% desses processos foram julgados. Na Justiça Federal, os priores desempenhos estão no TRF da 3ª região, justamente, a que abrange Mato Grosso do Sul.

Precavido - Diante de tantas manifestações Brasil afora, o presidente do Tribunal de Justiça, Joenildo Chaves, chamou a Polícia Militar para fazer segurança na porta do auditório do TJ, para evitar que servidores do judiciário, revoltados com corte de adicionais, invadissem a reunião sobre o assunto.

Preso - Apesar de funcionários indignados, cantando o hino nacional, a manifestação não passou disso. Não houve violência, mas o presidente não arriscou sair da sala antes que as redondezas estivesse completamente vazias. 

Gaeco tem suspeita de vazamento
Desconfiança – O Gaeco (Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado), responsável pela investigação que aponta envolvimento de policiais militare...
DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions