A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


29/06/2013 07:05

Wilson Barbosa melhor do que nunca?

.

Saúde - Profissionais que atendem o ex-governador Wilson Barbosa Martins comentam que o paciente anda mais disposto que antes do derrame que o mandou para o hospital. Apesar de tudo apontar para o contrário, a recuperação é certa, garante um dos médicos.

Coitado do Bento - O governador André Puccinelli (PMDB) não perdeu a oportunidade de brincar com prefeito de Caracol, Manoel Viais (PT), sobre o fato do candidato Bento Afonso (PSL) não poder concorrer à prefeitura, já que as eleições suplementares foram canceladas pelo TRE. “Coitado do Bento, vai ficar só na vontade”, brincou o governador.

Eu voltei....- André também brincou com o prefeito Manoel Viais, sempre cantarolando a música de Roberto Carlos, quando este era chamado para dar alguma declaração. “Eu voltei agora pra ficar...”, dizia ele a cada movimento do prefeito de Caracol, que teve a cassação suspensa nesta semana.

Antigamente - O governador revelou aos convidados em solenidade de entrega de instrumentos de fanfarras, que quando conheceu o deputado estadual Junior Mochi (PMDB) ele ainda tinha cabelos. No entanto, lembrou que agora que o deputado preside a direção estadual do partido, restaram apenas uns “fios” para contar história.

Impedida - A prefeita de Jardim, Cláudia Barbosa (PMDB), não conseguiu participar da solenidade que marcou a entrega de instrumentos pelo governo a três municípios, entre eles a cidade de Jardim. Ela ficou “parada” na barreira feita pelo MST (Movimento Sem Terra), que bloqueou 7 estradas em Mato Grosso do Sul.

Outra chance - Como nenhum prefeito dispensa tal oportunidade, para aproveitar e apresentar o pires ao governador, André Puccinelli garantiu que “entendeu” a situação e ficou de marcar um novo horário para doar os instrumentos a prefeita.

Puxão de orelhas - O presidente do CNJ. ministro Joaquim Barbosa, vai cobrar dos Tribunais de Justiça e dos Tribunais Regionais Federais o julgamento até o fim deste ano de todos os 121.850 processos relacionados à improbidade administrativa e crimes contra a administração pública distribuídos até 2011.

Vai mal - O problema é que levantamento realizado pelo Conselho nacional de Justiça até este mês mostra que só 36,55% desses processos foram julgados. Na Justiça Federal, os priores desempenhos estão no TRF da 3ª região, justamente, a que abrange Mato Grosso do Sul.

Precavido - Diante de tantas manifestações Brasil afora, o presidente do Tribunal de Justiça, Joenildo Chaves, chamou a Polícia Militar para fazer segurança na porta do auditório do TJ, para evitar que servidores do judiciário, revoltados com corte de adicionais, invadissem a reunião sobre o assunto.

Preso - Apesar de funcionários indignados, cantando o hino nacional, a manifestação não passou disso. Não houve violência, mas o presidente não arriscou sair da sala antes que as redondezas estivesse completamente vazias. 

Campanha, tiro na escola e oportunismo
“Guerra virtual” – Não podia ser diferente. O episódio lamentável em que uma criança de 9 anos entrou armada na sala de aula em Campo Grande e atirou...
Justiça agora pode até cobrar Delcídio
Ainda à espera - A Justiça Eleitoral rejeitou o registro de candidatura de Delcídio Amaral (PTC) ao Senado, depois da derrota nas uras. A juíza Eliza...
Clima de campanha não poupa nem festões
Todo lugar - O clima de campanha, neste segundo turno polarizado, não deixa escapar nem os casamentos. Durante festa no sábado no bufê Murano, na Ave...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions