A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 20 de Agosto de 2019

17/07/2019 09:22

Com adaptações, “templo” do sertanejo já recebe missas na Afonso Pena

No local da antiga boate Wood's agora funciona a igreja católica Nossa Senhora da Abadia, em Campo Grande

Alana Portela
O santuário da Nossa Senhora da Abadia já está funcionando na Avenida Afonso Pena (Foto: Kisie Ainoã)O santuário da Nossa Senhora da Abadia já está funcionando na Avenida Afonso Pena (Foto: Kisie Ainoã)

Apesar de mudar de boate para o Santuário Nossa Senhora da Abadia, o antigo “templo” do sertanejo mantêm a “cara” da casa noturna que já funcionou na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande. “Não vamos mexer na estrutura por enquanto, pois é boa e não compensa desmanchar. Vai ser para eventos, e já está pronto pra isso. Está com cara da boate, mas estamos fazendo algumas adaptações”, afirma um dos padres responsável pelo local, Paulo Sérgio Vital da Cruz.

Menos de um mês após anunciarem o “exorcismo” da antiga Wood’s, a igreja católica foi aberta no dia 14 de julho, após a carreata que levou a imagem de Nossa Senhora da Abadia da paróquia da Chácara Cachoeira ao santuário na Afonso Pena. O primeiro evento começou às 17h30, seguido da benção de reparação do ambiente e consagração. 

Por mudar de paróquia para santuário, o local deve receber um número maior de fiéis.  

O padre Paulo Sérgio Vital conta como vai ficar o santuário (Foto: Kisie Ainoã)O padre Paulo Sérgio Vital conta como vai ficar o santuário (Foto: Kisie Ainoã)

Por fora, uma nova fachada com a imagem da santa e o nome do santuário escrito, enquanto por dentro poucas coisas mudaram. A estrutura interna continua de madeira marrom, com as divisões por setores superior e inferior onde os fiéis podem ficar sentados nas cadeiras de plásticos. O espaço agora também está com a iluminação reforçada, já que era mais escura devido às festas.

Contudo, esse espaço onde aconteciam as festas da boate, será destinado apenas aos eventos sociais. “Retiros, encontros, festas, casamentos, etc. Cabe 1700 pessoas em pé, mas depende do uso porque se for com cadeira diminui”, explicou o padre. Nesta semana é ocorre o “Cerco de Jericó da Vitória” no espaço, para celebrar a conquista da sede.

O lugar ainda serve provisoriamente para as missas, mas o espaço real para as celebrações no futuro fica no antigo estacionamento, no subsolo do prédio, que está passando por reformas, e tem capacidade para atender 500 fiéis.

O padre, Paulo Sérgio, relata como deve ficar o projeto final, que ainda não tem previsão de concluir. Vamos esperar até dezembro para poder pagar o nosso terreno de 5 mil metros quadrados. Estamos adaptando para a igreja, vai ter portas e janelas, vamos forrar o teto e por piso”, adiantou.

Nesta semana os fiéis participam do Cerco de Jericó no santuário (Foto: Kisie Ainoã)Nesta semana os fiéis participam do Cerco de Jericó no santuário (Foto: Kisie Ainoã)
Imagem de Nossa Senhora da Abadia exposta na igreja (Foto: Kisie Ainoã)Imagem de Nossa Senhora da Abadia exposta na igreja (Foto: Kisie Ainoã)
O estacionamento está passando por reformas (Foto: Kisie Ainoã)O estacionamento está passando por reformas (Foto: Kisie Ainoã)
A missa de domingo foi realizada no estacionamento da igreja (Foto: Arquivo pessoal)A missa de domingo foi realizada no estacionamento da igreja (Foto: Arquivo pessoal)

Numa salinha ao lado do estacionamento, que também está em reforma, vai funcionar a sacristia, que é o espaço onde guarda os pertences dos padres. Já o estacionamento lateral será usado nos eventos para montagens de barracas. “Vamos fazer a cantina para poder arrecadar fundos. Todos os dias tem novena e como esse ano o santuário é da arquidiocese, que tem várias colônias, libanesa, paraguaia, vamos trazer essas colônias”.

Na planta do projeto disponibilizado pelo padre, mostra como deve ficar a entrada da igreja, com portas de vidro coloridas de roxo, amarelo, azul e vermelho, que darão acesso ao salão da missa. Enquanto a parte de cima mantém o azul e marrom e ganha um crucifixo.

A igreja vai funcionar de segunda a segunda, a partir das 7h30. Já as missas serão realizadas nas quintas e sábados às 19h, enquanto aos domingos ocorrerá às 10h e às 18h. Nesta semana, por conta do Cerco de Jericó as orações vão das 6h às 21h.

Apesar do comentário sobre exorcizar o local, Paulo Sérgio afirma que isso não vai ser necessário. “Não teve nenhuma manifestação demoníaca para exorcizar. Não era prostíbulo, a boate é lugar de dança, diversão. Teve briga, não é um local tão santo assim, mas também não é um dos piores”.

O professor Jean Eder Bites Júnior comenta sobre o desejo de transformar a casa de shows na casa de Deus (Foto: Kisie Ainoã)O professor Jean Eder Bites Júnior comenta sobre o desejo de transformar a casa de shows na casa de Deus (Foto: Kisie Ainoã)
A administradora Lúcia Coletto fala sobre a transformação da boate em igreja (Foto: Kisie Ainoã)A administradora Lúcia Coletto fala sobre a transformação da boate em igreja (Foto: Kisie Ainoã)

Jean Eder Bites Júnior é professor e frequenta a paróquia há um ano, e diz que o santuário era um sonho almejado. “Transformamos uma ex- boate em igreja, fizemos de um lugar da perdição virar um espaço de oração. Está ocorrendo o Cerco de Jericó que é essa expulsão de demônios. Nunca vim aqui quando era boate, só acompanhei o quebra pau nos jornais, mas agora é só paz”, diz.

A administradora, Lúcia Coletto comenta sobre a localização da igreja e a proposta do espaço. “É um exemplo que dá para transformar um local de entretenimento em espaço de fé e entretenimento porque a paróquia faz muitos eventos. Agora, os jovens podem vir para a Afonso Pena e além de passear, vão poder rezar”.

Objetivo - A compra do terreno foi financiada e precisou de uma quantia alta de entrada, que teve de ser dividia em duas vezes. Agora, para manter o local é preciso pagar as dívidas e por isso a igreja está realizando uma campanha de arrecadação. "Precisamos de 250 católicos que doem R$ 2 mil", afirma o padre Paulo Sérgio Vital. O montante que conseguirem pagará a segunda parcela da dívida no final do ano.  

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram

 

Imagem do projeto de como a igreja deve ficar após as reformas necessárias (Foto: Divulgação)Imagem do projeto de como a igreja deve ficar após as reformas necessárias (Foto: Divulgação)
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.