A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2019

16/11/2019 07:45

De um jeito mais sensível, guirlanda com suculenta é opção para decorar

Curso vai ensinar a fazer guirlandas para tornar a decoração de Natal ainda mais diferente

Thailla Torres
Que tal uma guirlanda diferente para decorar o seu Natal? Que tal uma guirlanda diferente para decorar o seu Natal?

As suculentas estão entre as espécies favoritas na hora de decorar. Elas saíram do jardim e foram parar em ambientes, mesas de trabalho, festas e até bolo de casamento. Versátil, ela também pode personalizar o natal.

Pensando na versatilidade da espécie, a engenheira agrônoma Viviane Cusinato, que há 10 anos trabalha com paisagismo, resolveu ensinar a fazer guirlandas com as plantinhas “gordinhas” e dar uma nova cara ao acessório decorativo comum em períodos de festa como Natal, Ano Novo e Páscoa.

“Como as suculentas são as queridinhas do momento, e aumenta cada dia mais os apaixonados, fazer uma guirlanda viva com suculentas é uma ótima ideia para decorar a casa, presentear ou para fazer uma rendinha extra”, explica Viviane.

Hoje em dia as suculentas, de diferentes tamanhos, podem ser encontradas facilmente em floriculturas e até supermercados. “Quase todo mundo já comprou uma gordinha para cuidar, mas seu uso em guirlandas e arranjos sazonais não são tão comuns, o que significa que a porta pode ser a única do bloco ou da rua com uma linda guirlanda”, diz.

As suculentas, são plantas de manutenção relativamente baixa e resilientes, então elas têm uma durabilidade muito boa. No caso das guirlandas, bem cuidadas, elas podem durar até seis meses tendo como base apenas o musgo seco, sem nenhuma necessidade de terra.


Viviane diz que a manutenção é umas principais dúvidas, por isso, ressalta o cuidado. “As regas podem ser feitas uma a duas vezes por semana, se estiver bem quente e seco elas vão mostrar que estão com sede, daí aumentamos as regas”, explica.

A rega pode ser feita, retirando a guirlanda da porta e levando até a torneira, molhando bem a parte com musgos. “Em seguida, espera escorrer bem e pode pendurar de novo na porta. Se estiver numa área externa, pode molhar com a mangueira mesmo, desde que o jato não seja muito forte para não quebrar as folhas”.

A vida da guirlanda também depende de luminosidade. “Quanto mais iluminado, de luz natural, for o local, mais tempo ela vai durar. Se for apartamento e o corredor for mais escuro, a guirlanda vai durar aproximadamente um mês. Passando esse tempo ela vai começar a ficar fica comprida e com as folhas espaçadas, daí já é hora de desmontar”.

A notícia boa é que se reaproveita tudo da guirlanda. Pode retirar com cuidado as suculentas e utilizar as mudas para plantar em um vaso, cultivá-las e no ano seguinte e usá-las novamente na guirlanda.

Na oficina, Viviane ensina a maneira mais prática de fazer uma guirlanda com suculentas. “Não é um trabalho dos mais simples, dá um trabalhinho razoável para fazer, mas o resultado é compensador”.

Entre os materiais utilizados, estão base para guirlanda em cipó, vime ou palha, musgo verde seco, arame, alicate pequeno ou tesoura, cola quente, mudas de suculentas em vários tamanhos e espécies e fita larga ou palha para decoração.

Todos os materiais serão fornecidos no curso que será realizado no dia 30 de novembro, as 14h30, na Rua Maracaju, 947. O curso é pago e o telefone para contato é (67) 3382-7872.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.