A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

19/05/2017 10:35

Divertido, quarto de meninos tem cama suspensa para dar espaço às brincadeiras

Paula Maciulevicius
Quarto das crianças pode ser usado por mais 10 anos, calculam arquitetas. (Foto: Nilson Oliveira Junior)Quarto das crianças pode ser usado por mais 10 anos, calculam arquitetas. (Foto: Nilson Oliveira Junior)

Um menino tem 6 e o outro, 5 anos. Irmãos que ganharam o quarto dos sonhos até a adolescência. Em 20 dias, os 18m² do ambiente se transformam num espaço divertido e também funcional, com cama suspensa e até um home theater que, por enquanto, é só para jogar videogame.

O pedido dos pais à designer de interiores Andrea Daros e à arquiteta Desirée Mendonça foi de repaginar o quarto já existente, sem mexer na estrutura e permitindo que o cômodo pudesse ter o uso prolongado.  

"Pensando nisso, substituímos as camas de criança pelas de solteiro, usamos cores mais neutras, dando destaque ao amarelo em peças de fácil substituição, como adesivos e almofadas, além de uma parede e puffs em azul royal", descrevem as responsáveis pelo projeto.

Abaixo da cama suspensa, home recebeu cores e puff para os donos. (Foto: Nilson Oliveira Junior)Abaixo da cama suspensa, home recebeu cores e puff para os donos. (Foto: Nilson Oliveira Junior)
Cores escolhidas a dedo deixaram ambiente neutro
e assim prolongam o uso. (Foto: Nilson Oliveira Junior)Cores escolhidas a dedo deixaram ambiente "neutro" e assim prolongam o uso. (Foto: Nilson Oliveira Junior)
Cantinho da leitura. (Foto: Nilson Oliveira Junior)Cantinho da leitura. (Foto: Nilson Oliveira Junior)

Os "donos" do quarto também tinham exigências: queriam colocar uma bicama. Andrea e Desirée atenderam com uma ideia melhor, uma cama no sentido vertical e a outra, horizontal e suspensa, dando assim mais espaço central ao ambiente.

As duas camas foram feitas de MDP de madeira de demolição. "Embaixo da cama suspensa, foi possível criar um home para as crianças. Colocamos dois puffs e um tapete para deixar o ambiente mais aconchegante e, dessa forma, ganhamos espaço e criamos um jogo de volumes no quarto", explica Desirée.

O espaço virou lazer dentro do quarto. "Usamos as cordas para que eles tivessem acesso à cama de cima, mas ao mesmo tempo pudessem brincar com elas, proporcionando um efeito lúdico ao quarto. Para a segurança, fizemos também um guarda corpo de cordas", completa Andrea.

Nichos ganharam adesivo amarelo e guardam brinquedos como decoração. (Foto: Nilson Oliveira Junior)Nichos ganharam adesivo amarelo e guardam brinquedos como decoração. (Foto: Nilson Oliveira Junior)

Com a intensão de novas possibilidades, o projeto luminotécnico também foi alterado e dicróicas de led e fitas de led foram embutidas no gesso, dando um efeito mais aconchegante e que também dá destaque à decoração.

No lado oposto ao da cama, as crianças ganharam um cantinho da leitura, e um nicho adesivado em amarelo expõe de forma decorativa os brinquedos preferidos dos garotos.

Um projeto semelhante a este ficaria em média R$ 630,00 o metro quadrado. Somente a cama, com as cordas, sairia um valor de R$ 5 mil.

"Os pais nos contam o quanto os meninos aproveitam as novas possibilidades e adoram ficar no quarto. Para nós não existe presente melhor", resume Desirée.

Curta o Lado B no Facebook.

Um projeto semelhante a este ficaria em média R$ 630,00 o metro quadrado. (Foto: Nilson Oliveira Junior)Um projeto semelhante a este ficaria em média R$ 630,00 o metro quadrado. (Foto: Nilson Oliveira Junior)



imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.