A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Setembro de 2019

03/09/2019 07:09

No alto do prédio desde 1914, relógio da Estação Ferroviária voltará a trabalhar

Edital para reparo e reativação do relógio foi publicado no Diário da União

Thailla Torres
O valor da obra está estimado em R$ 49.509,55, segundo o Iphan. (Foto: Henrique Kawaminami)O valor da obra está estimado em R$ 49.509,55, segundo o Iphan. (Foto: Henrique Kawaminami)

Publicado nesta segunda-feira (2), no Diário da União, edital prevê recursos para reparo e reativação do relógio da Estação Ferroviária de Campo Grande, na Avenida Calógeras. O equipamento está ali, no alto do principal prédio da Esplanada, mas pouca gente repara. Desativado há uma década, a empresa vencedora terá 90 dias para concluir o conserto.

Conforme o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), além do reparar o relógio para que ele volte a funcionar na área histórica da cidade, o conserto inclui troca do mostrador, reparo da máquina, conservação da esquadria e retro iluminação.

O valor da obra está estimado em R$ 49.509,55. A última intervenção executada da estação, que incluiu o relógio, aconteceu há quase 10 anos, com investimentos do Iphan.

 

Estação Ferroviária em 1940. (Foto: Arquivo Iphan)Estação Ferroviária em 1940. (Foto: Arquivo Iphan)

“A ação se justifica pelo fato de o relógio ser um bem integrado da Estação, que teve papel preponderante no desenvolvimento do estado do Mato Grosso do Sul e sua edificação possui grande representatividade na história do Complexo Ferroviário Histórico e Urbanístico da Antiga Estrada de Ferro Noroeste do Brasil, tombado pelo Iphan em 2009”, explica Maria Clara Scardini, superintendente do Iphan.

História - O relógio sempre foi o sinal de chegadas e partidas na estação que tem mais de 105 anos de história. Para quem pegava o trem, ver o ponteiro chegar próximo ao horário definido para o embarque era um alivio para a ansiedade, para quem esperava eufórico pela chegada de alguém, o relógio botava fim a uma saudade. Hoje, parado no tempo, ainda é sinônimo de saudade.

A estação foi inaugurada em 6 de setembro de 1914 e foi uma das primeiras estações a serem finalizadas no então estado de Mato Grosso. A primeira composição que chegou na estação de Campo Grande foi a 44 da Estação Ferroviária Itapura-Corumbá.

O primeiro trem de cargas percorreu os trilhos no perímetro urbano de Campo Grande no dia 30 de maio, quando a então vila contava com apenas 1.900 habitantes, alguns meses antes da inauguração oficial da estação.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram. 

O relógio sempre o sinal de chegadas e partidas na estação que tem mais de 105 anos de história (Foto: Henrique Kawaminami)O relógio sempre o sinal de chegadas e partidas na estação que tem mais de 105 anos de história (Foto: Henrique Kawaminami)
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.