A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Fevereiro de 2020

06/01/2020 06:55

Paixão do pai pela pescaria virou tema de quarto de bebê com pintura aquarelada

No lugar do papel de parede, pai investiu em pintura cheia de sensibilidade

Paula Maciulevicius Brasil
Paixão do pai virou arte no quartinho do filho com pintura cheia de delicadeza. (Foto: Arquivo Pessoal)Paixão do pai virou arte no quartinho do filho com pintura cheia de delicadeza. (Foto: Arquivo Pessoal)

Se depender do hobby do pai e da decoração do quarto, Danilo Henrique vai nascer já gostando de ir pescar. A parede do quarto do primeiro filho de um jovem casal encanta os olhos pela delicadeza da paisagem.

Uma das dúvidas na hora da reforma ou da criação do quartinho do bebê é se vale a pena investir em uma nova pintura ou se é a hora de apostar nas estampas e cores modernas dos papeis de parede. O projeto da designer de interiores Elayne Felix e a pintura, do Studio Rembrandt, de Minas Gerais, encontrado pelo Instagram, provaram que tinta e pincel na mão também são surpreendentes.

O estilo da artista segue uma pintura aquarelada suave, sempre em paredes. (Foto: Arquivo Pessoal)O estilo da artista segue uma pintura aquarelada suave, sempre em paredes. (Foto: Arquivo Pessoal)

"A cliente tinha visto uma aquarela que fiz para uma festa onde o tema era pescaria, gostou muito e pediu igual. Expliquei que meu trabalho é uma arte exclusiva para cada cliente, que eu não posso fazer igual, mas poderia criar uma nova dentro da temática de acordo com o quarto, os tons e a história que ela me contasse", descreve a artista plástica do studio Jessy Faria.

O estilo da artista segue uma pintura aquarelada suave, sempre em paredes. "Me inspiro de acordo com as histórias que os clientes contam, claro que sempre mantendo meu estilo mais suave, mesmo preenchendo a parede inteira, mantenho a delicadeza, principalmente por ser um quarto de bebê, um ambiente que precisa ser suave ", detalha.

Jessy veio de Belo Horizonte para a Capital realizar o trabalho, que foi o ponto central para o projeto do quarto.

"Tentamos trabalhar todo o quarto com tons puxando para o crescimento do bebê, porque também dá dó de pintar logo depois. Então já projetamos o quarto de forma que ele pudesse acompanhar o crescimento do bebê", explica a designer Elayne Felix.

Tem um projeto de arquitetura bacana ou fez aquela reforma que vale a pena ser compartilhada? Manda pra gente no Facebook, Instagram, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas pelo WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2020 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.