A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Janeiro de 2020

06/12/2019 06:23

Após trair noiva, Hugo se arrepende e recebe “Outra Chance” para consertar erro

Ele é protagonista de um média-metragem produzido em Campo Grande e tenta corrigir o deslize com a ajuda da consciência

Alana Portela
Hugo é o personagem que traiu a noiva com outra mulher e se arrepende. (Foto: Divulgação)Hugo é o personagem que traiu a noiva com outra mulher e se arrepende. (Foto: Divulgação)

E quem não gostaria de receber outra chance após um deslize? Ninguém é de ferro e muitos vacilam por não pensarem nas consequências, esse é o enredo do filme “Outra Chance”, do cineasta Davi Pierre. A obra será lançada hoje, às 19h no MIS (Museu da Imagem e do Som), localizado na Avenida Fernando Corrêa da Costa, n° 559. A exibição é gratuita.

Na trama, o personagem Hugo mostra que ninguém é perfeito ao trair a noiva. Contudo, se arrepende do erro em seguida. Agora, mais que enfrentar o julgamento o protagonista vai ter que lidar com a confusão interna em sua cabeça e receberá uma ajuda especial. “A consciência se materializa em seu clone para consertar todos os seus erros”, explica Davi.

Ele é roteirista e diretor cinematográfico da obra que levou quase um ano para ficar pronta. Assim como Hugo na ficção, muitos gostariam de corrigir um erro do passado, por isso Davi pensou na proposta. “Acredito que todos temos oportunidade de viver e consertarmos os nossos erros”, diz.

No filme os personagens tentam entender as coisas que acontecem na vida. (Foto: Divulgação)No filme os personagens tentam entender as coisas que acontecem na vida. (Foto: Divulgação)

O filme foi gravado em Campo Grande e contou com a participação de atores regionais. Foi um trabalho em equipe para conseguir concluir a obra, com legendas em português, áudio descrição e janela em libras.

O diretor quer incentivar o cenário cultural e fazer com que a obra represente o cinema campo-grandense em festivais e amostras regionais, nacionais e até internacionais. Davi tem 34 anos e há quatro concilia a carreia de policial civil com produções cinematográficas. Ele resolveu apostar no cinema para passar mensagens de autoajuda aos expectadores.

Esse é o quarto trabalho produzido por ele. A primeira obra foi “Daqui à Lua”, lançada em 2017. O filme mostrou a dificuldade de um roqueiro que tenta incluir o gênero na Capital do sertanejo. No mesmo ano também foi divulgado o curta-metragem “Valores, escolhas que salvam vidas”, sobre prevenção do suicídio.

A terceira produção foi da obra “Perto do Fim”. O filme questiona até onde o perdão é possível, se todos são capazes de perdoar e esquecer as mágoas do passado. Na trama, dois grandes amigos deixaram de se falar por causa de um mal-entendido.

Serviços – Mais informações sobre o lançamento de hoje pelo WhatsApp (67) 9 92564211.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram

No filme os personagens conhecem novas pessoas para recomeçar a vida. (Foto: Divulgação)No filme os personagens conhecem novas pessoas para recomeçar a vida. (Foto: Divulgação)
Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2020 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.