A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

01/08/2018 06:46

Cinema gratuito exibe "O Palhaço" , "O menino da porteira" e documentários

Outros filmes nacionais fazem parte da programação gratuita do Sesc Cultura, na Avenida Afonso Pena

Thailla Torres
Programação abre com O Palhaço, dirigido pelo ator Selton Mello. Programação abre com O Palhaço, dirigido pelo ator Selton Mello.

Não é preciso gastar muito para fazer aquela maratona de filmes que você nunca assistiu. No Sesc Cultura a programação de cinema é gratuita e mensalmente não faltam títulos para fazer o público viajar no tempo e em produções cinematográficas, algumas vezes, desconhecidas.

Agosto começa com programa de longas nacionais, dramas estrangeiros, biografia e documentário. Com enredos dramáticos à comédia, haverá sessões noturnas, matinês e também a sessão do Sesc Aldeia Materna, um programa que acontece uma vez por mês, voltado a mães com crianças de até 24 meses.

Normalmente, as sessões ocorrem às quartas-feiras, às 15h e 19h e também na sexta, às 19h.

A primeira sessão é hoje, às 15h com o filme “O palhaço”, com direção de Selton Mello que também é protagonista. O longa narra a história de Benjamim (Selton Mello) e Valdemar (Paulo José) que formam a fabulosa dupla de palhaços Pangaré e Puro Sangue. Benjamim é um palhaço sem identidade, CPF e comprovante de residência. Ele vive pelas estradas na companhia da divertida trupe do circo esperança. Mas Benjamim acha que perdeu a graça e parte em uma aventura atrás de um sonho.

Às 19h será exibida a primeira parte do documentário “Maio de 68, uma estranha primavera”, de Dominique Beaux. Dirigido pelo historiador e cineasta Dominique Beaux, a produção foi lançada em março deste ano e busca oferecer uma ótica diferenciada dos eventos, tendo como principais entrevistados figuras geralmente pouco procuradas para dar seus depoimentos, como pessoas ligadas ao meio sindical, político, policial e funcionários públicos, todos testemunhas dos eventos ocorridos em Paris há 50 anos. A segunda parte do documentário será exibida na sexta-feira (3), às 19h.

No dia 8 de agosto, tanto na matinê quanto na sessão da noite, será exibido o drama espanhol “A garota de fogo”  dirigido por Carlos Vermut. Alicia (Lucia Pollan) é uma garota de 12 anos que, por ter leucemia, leva uma vida bastante regrada e cheia de idas e vindas ao hospital. Seu pai, Luis (Luis Bermejo), faz tudo o que pode por ela. Um dia, ao olhar em seu diário, o pai descobre que um dos desejos da garota é ter um vestido exclusivo de uma personagem de anime japonês, que custa quase 7 mil euros. Decidido a presenteá-la, Luis busca algum meio de obter a quantia. O longa tem nova sessão no dia 10, às 19h.

A biografia "Violeta foi para o céu" dirigida por Andrés Wood, será exibida na matinê e sessão noturna do dia 15 e também no dia 17 de agosto. O filme é o retrato da pintora, escultora, poeta e cantora chilena Violeta Parra, considerada a fundadora da música popular chilena e mais importante folclorista do Chile. A obra traça a evolução da vida e carreira de Violeta.

No dia 17 de agosto, às 15h, tem a Matinê Sesc Aldeia Materna, com o “O menino da porteira”, dirigido por Jeremias Moreira. No filme o Peão Diogo leva uma grande boiada até a fazenda de Ouro Fino. Ao passar pelo sítio Remanso, ele conhece Rodrigo, um menino que sonha em se tornar um grande boiadeiro. Eles se tornam amigos, sendo também testemunhas das injustiças que ocorrem na região devido à ganância do major Batista, dono da Fazenda Ouro Fino.

Nas sessões de 22 e 24 de agosto, o drama brasileiro Hotel Atlântico, com direção de Suzana Amara será exibido. Alberto (Júlio Andrade) é um ator desempregado, que vive no Hotel Atlântico. Um dia, após ver o IML retirar um cadáver do hotel em que vive, ele decide iniciar uma jornada. No caminho, conhece diversas pessoas que mudam sua vida.

A programação encerra nos dias 29 e 31 de agosto com “José e Pilar)”, dirigido por Miguel Gonçalves Mendes. O longa é um relato sobre a vida do grande escritor português José Saramago e sua mulher Pilar del Rio, enquanto ele termina um de seus livros em sua casa na Espanha.

As sessões são gratuitas. O Sesc Cultura está localizado na Avenida Afonso Pena, nº 2270.

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.