ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  08    CAMPO GRANDE 20º

Artes

Em Pantanal, Juma aprende a ler com obra de Manoel de Barros

"Livro de Pré-Coisas" foi um dos presentes dados por Jove à amada na novela

Por Adriano Fernandes | 09/07/2022 21:57
Juma segurando livro de Manoel de Barros ao lado do amado Jove. (Foto: Reprodução/Instagram)
Juma segurando livro de Manoel de Barros ao lado do amado Jove. (Foto: Reprodução/Instagram)

Sempre na busca por tentar retratar o Pantanal sul-mato-grossense da forma mais fiel possível, a novela Pantanal, usou outra referência que também é a cara do nosso Estado, durante os capítulos que foram ar nesta semana.

O "Livro de Pré-Coisas", de Manoel de Barros, ícone da literatura nacional que vivia na Capital, foi um dos presentes dados por Jove, vivido por Jesuíta Barbosa à Juma, interpretada por Alanis Guillen.

Na cena, Juma exalta que acha "tudo mágico" na história enquanto conversa com o amado. "Ninguém melhor que ele para continuar te ensinando (a ler e escrever)", diz Jove.

O fascínio da personagem por Manoel de Barros rendeu até postagem no perfil do remake da novela no Instagram. Publicado em 1985, o Livro de Pré-Coisas de Manoel de Barros, relata uma viagem do narrador, orientada por Bernardão, ao Pantanal.

O roteiro do livro se divide em quatro partes. A primeira, (“Ponto de Partida”), relata a intenção da obra e conta a viagem de Corumbá até o Pantanal. A segunda (“Cenários”) é quase uma galeria de quadros que exibem o ambiente em que se passará a “excursão”.

A terceira (“O Personagem”) dá destaque à figura de Bernardão e de outras personagens.
Há aqui, aliás, um livro inserido (intratexto?) com um elenco de reflexões filosóficas. A última parte (“Pequena História Natural”) dedica-se a descrever os seres que habitam o Pantanal.

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).


Nos siga no Google Notícias