A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

12/01/2017 08:12

Inspirado em filme, ensaio transforma Mariana em Amélie Poulain dentro de casa

"São tempos difíceis para os sonhadores..."

Paula Maciulevicius
Mariana, de Amélie Poulain. (Foto: Sarah Outeiro)Mariana, de Amélie Poulain. (Foto: Sarah Outeiro)

"Estranho o destino dessa jovem mulher, privada dela mesma, porém, tão sensível ao charme das coisas simples da vida..."

O presente de Natal já havia sido dado, quando a amiga de Mariana notou a semelhança entre ela e Amélie Poulain. Fã do filme, a jovem aproveitou a deixa para clicar nas mesmas posições que a protagonista do longa francês. "O fabuloso destino de Amélie Poulain" nem parece, mas já tem 15 anos desde o lançamento e continua apresentando às gerações uma história e direção de fotografia incríveis.

"É um filme que eu amo, tem uma fotografia maravilhosa, surgiu a ideia e a fotógrafa ficou animada na hora", conta a estudante Mariana Costa de Souza, de 18 anos. A menina já perdeu as contas de quantas vezes assistiu, mas sempre tira uma lição. 

"Cada vez que assisto tem alguma coisa diferente que me chama mais atenção, como a questão de ver as coisas simples da vida, como aquela cena da mão no saco de grão, que é a minha preferida", descreve.

"Em vez disso cultiva um gosto especial pelos pequenos prazeres. Mergulhar a mão em sacas de grão, partir o queimado do leite-creme com a ponta da colher... Fazer ricochetes na água do Canal St.Martin".

O corte do cabelo, que faz com que a semelhança fique mais evidente, foi adotado nos últimos dois anos, depois que ela decidiu cortar as mechas. A fotógrafa do ensaio é a campo-grandense Sarah Diniz Outeiro que se divide entre São Paulo e Campo Grande.

"A gente conversou um pouquinho das coisas que lembravam o filme para usar de cenário e juntou as ideias para colocar em prática", explica Mariana. O cenário foi a própria casa dela, no bairro Vila Bandeirantes.

E o ensaio exigiu preparação tanto da fotógrafa, quanto da modelo. "Assisti ao filme outra vez prestando atenção na postura da personagem para realmente tentar captar a essência da Amélie. Foi uma experiência interessante em tentar ler e entendê-la, para ser um pouco ela sem deixar de ser eu", narra. E por ser mãe de uma menininha linda, Júlia de 4 meses, também participa de algumas fotos. 

Para pousar igual, Mariana e fotógrafa Sarah usaram foto do filme como referência. (Foto: Sarah Outeiro)Para pousar igual, Mariana e fotógrafa Sarah usaram foto do filme como referência. (Foto: Sarah Outeiro)
Paleta de cores foi observada (Fotos: Sarah Outeiro)Paleta de cores foi observada (Fotos: Sarah Outeiro)
Para passar alma do filme com exatidão. Para passar alma do filme com exatidão.

Como Sarah já gostava do filme, adorou a proposta. As duas só se conheceram pessoalmente no dia do ensaio, por mais que a sintonia nas fotografias aparente o contrário. "Assim que eu vi as fotos dela, percebi que tinha tudo a ver para o ensaio. Até as expressões são parecidas", compara Sarah Outeiro, de 23 anos.

A semelhança facilitou para a fotógrafa direcionar o ensaio. De início, a ideia era fazer os registros em um café, como Amélie que no filme trabalha no Deux Moulins. "Mas eu geralmente gosto muito de fotografar minhas modelos no próprio ambiente delas, então combinamos de eu ver a casa e acabou que eu organizei tudo lá mesmo, porque tínhamos os elementos que precisávamos", explica. 

A direção de fotografia do filme é marcante pela paleta de cores. O que exigiu de Sarah uma pesquisa antes de sair para o ensaio.

"Separei imagens e acabei descobrindo que a fotografia do filme foi inspirada na paleta de cores de um artista brasileiro chamado 'Juarez Machado'. Ele trabalha com tons de vermelho e verde fechados, amarelos para representar otimismo, luz, calor e um pouco de azul também", descreve. 

A escolha das poses veio da própria fotógrafa, guiada pelo estilo e personalidade de Amélie. "Mas também pegamos algumas fotos juntas e usamos de referência, como da colher e do guarda-chuva", ressalta Sarah.

O trabalho de pós-produção é que fechou a composição do ensaio. Na edição, Sarah teve de ajustar os tons dos verdes e deixar a iluminação em um tom mais amarelado puxando para o verde. "Para que as pessoas sentissem com mais intensidade o 'ar' d filme. A intenção é de fazer as pessoas lembrarem ao olhar para essas fotos", explica.

"Então, minha querida Amélie, não tem ossos de vidro. Pode suportar os baques da vida. Se deixar passar essa chance, com o tempo seu coração ficará tão seco e quebradiço quanto meu esqueleto. Então, vá em frente, pelo amor de Deus".

Casa serviu de cenário para Mariana virar Amélie. (Foto: Sarah Outeiro)Casa serviu de cenário para Mariana virar Amélie. (Foto: Sarah Outeiro)
Modelo assistiu filme mais uma vez para estudar trejeitos e reações da personagem. (Foto: Sarah Outeiro)Modelo assistiu filme mais uma vez para estudar trejeitos e reações da personagem. (Foto: Sarah Outeiro)
São tempos difíceis para os sonhadores... (Foto: Sarah Outeiro)"São tempos difíceis para os sonhadores..." (Foto: Sarah Outeiro)
A filha Júlia, de 4 meses também participou. (Foto: Sarah Outeiro)A filha Júlia, de 4 meses também participou. (Foto: Sarah Outeiro)
A escolha das poses veio da própria fotógrafa, guiada pelo estilo e personalidade de Amélie. (Foto: Sarah Outeiro)A escolha das poses veio da própria fotógrafa, guiada pelo estilo e personalidade de Amélie. (Foto: Sarah Outeiro)

Na memória de Mariana, a parte do filme que mais está gravada é quando se fala da bagunça de si mesma. 

"...Talvez faça de tudo para arrumar a vida dos outros." Pintor: "E ela? E as suas desordens? Quem vai pôr em ordem?"

"Eu lembro dessa parte, de cuidar muitos dos outros e não mexer na bagunça dela... Isso é uma coisa que mexeu comigo assistindo ao filme", fala a estudante.

A partir de agora, quando O fabuloso destino de Amélie Poulain entrar em cena, o filme vai ter um novo significado. "Eu passei a me ver um pouquinho mais Amélie, a me sentir um pouquinho mais Amélie..."

"São tempos difíceis para os sonhadores..."

Curta o Lado B no Facebook. 

A partir de agora, quando O fabuloso destino de Amélie Poulain entrar em cena, o filme vai ter um novo significado para Mariana. (Foto: Sarah Outeiro)A partir de agora, quando O fabuloso destino de Amélie Poulain entrar em cena, o filme vai ter um novo significado para Mariana. (Foto: Sarah Outeiro)
Nem parece, mas o filme já tem 15 anos desde seu lançamento. (Foto: Sarah Outeiro)Nem parece, mas o filme já tem 15 anos desde seu lançamento. (Foto: Sarah Outeiro)


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.