A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

17/12/2016 07:15

Marco Aurélio volta à ativa no palco e investe em dupla com Victor Gregório

Naiane Mesquita
Victor Gregório e Marco Aurélio seguem o caminho da música juntos (Foto: Naiane Mesquita)Victor Gregório e Marco Aurélio seguem o caminho da música juntos (Foto: Naiane Mesquita)

Amigos há anos, Victor Gregório e Marco Aurélio sempre foram parceiros na composição de músicas sertanejas. Agora, os dois seguem a carreira lado a lado, como uma dupla que não tem medo de arriscar, incluindo letras que contam até da reclamação de um casal pela Tupperware da mãe após o fim de um relacionamento.

"Começamos há uns três meses. A gente já escrevi junto e somos amigos de longa data. Eu tinha a dupla com o meu irmão, Victor e Vinícius, foram 16 anos de aprendizado, uma coisa bonita que ficou marcada para a galera de Campo Grande. O Marco Aurélio já teve dupla com o Paulo Sérgio. Então, resolvemos unir essa experiência", afirma Victor, que agora adota o nome composto.

Marco Aurélio é mais descontraído do grupo e também o compositor mais famoso. Foi autor de "Você de Volta", "Camaro Amarelo" e várias do Luan Santana. Como escritor, ele pretende seguir durante muito tempo. "A gente acabava de escrever e pensava, vamos fazer um vídeo dessa música, igual pai coruja", comenta Marco Aurélio.

Os vídeos também eram uma ótima opção para mostrar o que os dois artistas produziam. "Igual pai, a gente faz e fica adulando. Algumas músicas costumamos comentar que é para determinado artista, essa é a cara do Henrique e Juliano, essa do Jorge e Mateus, então fica com a gente. Outras são para o churrasco mesmo", brinca Marco Aurélio.

Na música há 17 anos, Victor não tem mais medo de arregaçar as mangas. "Sempre gostei muito das músicas do Marco e a gente sempre se deu bem. Começamos a gravar, todo mundo gostava, os fãs comentavam nas postagens, surgiu o estalo de montar a dupla", acredita.

O irmão, Vinícius, decidiu seguir por outro caminho. "Nós sempre fomos evangélicos, mas meu irmão recebeu o que a gente acredita que seja o chamado. Ele está seguindo pelo caminho gospel, está muito feliz e eu o apoio muito. Eu não consigo largar o sertanejo, é a minha vida, eu respiro isso há muito tempo", confessa.

Como segredo de tantas composições de sucesso está o incentivo das contas para pagar. Porém, brincadeiras a parte, os dois confessam que o cotidiano é a maior inspiração para quem deseja compor. "Tudo vale, até mesmo a briga por uma Tupperware", ri Victor.

Informações sobre a dupla na Página do Facebook. 



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.