ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 31º

Artes

Museu da Imagem e do Som volta com muito vídeo e arte interativa

Ajuda da tecnologia fez retornar visitação no MIS, desta vez com instalações e trabalhos visuais em ambiente 100% virtual

Por Raul Delvizio | 18/10/2020 07:23

A 2ª edição da Mostra de Arte Digital (MADi) foi lançada no finalzinho do ano passado no MIS (Museu da Imagem e do Som). Mas, por conta da pandemia, ficou meses fechada para visitação. Agora, os olhos curiosos de pessoas a observar e refletir sobre as obras terão retorno por meio de um tour virtual e em ambiente 360 graus.

"Por estarem fechados, vários museus do mundo estão empregando essa estratégia de virtualizar a visitação justamente em meio a pandemia. Sabemos que a tecnologia também tem suas limitações, mas pelo menos é um modo seguro de voltar a abrir esses espaços públicos e levar o público pra dentro deles", explica Venise Paschoal de Melo, professora doutora do curso de Artes Visuais da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

Exposição MADi conta com mais de 30 trabalhos em 3 ambientes "físicos" (Foto: Divulgação/MIS/UFMS)
Exposição MADi conta com mais de 30 trabalhos em 3 ambientes "físicos" (Foto: Divulgação/MIS/UFMS)

Para a exposição, a instituição formou parceria com a FCMS (Fundação de Cultura de MS) e trouxe trabalhos de seus alunos. A iniciativa faz parte do projeto de extensão que leva o mesmo nome da mostra, coordenado por Venise.

Organizados em três ambientes físicos e nos corredores do MIS, são mais de 30 obras expostas nas formas de realidade aumentada, fotografia sonora, instalação artística interativa, videoarte, mapeamento de vídeo e lambes interativos.

“A linguagem da arte contemporânea tem a característica de se aproximar do tecnológico. Essa estética se apropria das mais diversas formas de mídia, tornando-se então arte digital. Estamos proporcionando uma simulação do presencial, feito por meio da fotografia 360º. É um giro artístico, uma sensação de presencialidade”, comenta Venise.

O passeio pela exposição é feito de forma virtual por meio de fotografia 360º (Foto: Divulgação/MIS/UFMS)
O passeio pela exposição é feito de forma virtual por meio de fotografia 360º (Foto: Divulgação/MIS/UFMS)

Coordenadora do MIS, Marinete Pinheiro considera a ação inédita para um museu no Estado, possibilitando ao público sul-mato-grossense – ou qualquer pessoa – possa acessar o conteúdo da mostra de forma dinâmica e atualizada.

"Sem dúvida, a pandemia nos fez reinventar e aprofundarmos na acessibilidade digital pelo uso das tecnologias. Agora, a 3ª edição do MADi já está por vir, e será realizar em ambiente complemente 3D, também com o tour virtual", ressalta Marinete.

Participe – O passeio virtual pelas obras da 2ª edição da Mostra de Arte Digital (MADi) está disponível somente no formato on-line. Confira também na galeria logo abaixo.

Todas as obras expostas são, de alguma forma, interativas (Foto: Divulgação/MIS/UFMS)
Todas as obras expostas são, de alguma forma, interativas (Foto: Divulgação/MIS/UFMS)

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Confira a Galeria de Imagens:
Regras de comentário