ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  10    CAMPO GRANDE 11º

Artes

Pantanal mudou, mas "continua lindo", exalta Almir Sater em arraial

Cantor é atração principal da segunda noite da 43ª Festa Junina de Dourados

Por Adriano Fernandes e Samuel Isidoro | 01/07/2022 19:33
À esquerda, jornalista Ginez Cesar ao lado do cantor Almir Sater. (Foto: Samuel Isidoro)
À esquerda, jornalista Ginez Cesar ao lado do cantor Almir Sater. (Foto: Samuel Isidoro)

Um dos maiores nomes da música sul-mato-grossense e do país, o cantor Almir Sater, que atualmente também brilha na novela Pantanal está em Dourados. Ele é a atração principal da segunda noite da 43ª Festa Junina da cidade e durante coletiva nesta noite(01), falou da emoção de voltar a atuar no remake.

Na semana em que a novela comoveu o país ao mostrar os impactos das queimadas no bioma, Almir tranquilizou. "Continua lindo", disse o cantor. No entanto, as mudanças climáticas ainda são uma ameaça que continua mudando a paisagem do Pantanal.

"Nosso ciclo pantaneiro esta um pouco diferente, estamos em ritmo de secas, e ninguém sabe até onde vai isso. O que eu sinto é que o entorno está um pouco mais árido, sinto que as águas já não vão para o Pantanal como iam antigamente", comentou Almir. Para o cantor, apesar das ações externas o bioma sobrevive e ainda encanta.

"Vocês podem perceber que nossos rios estão com pouca água, mas isso é problema da natureza, não é uma influência do Pantaneiro, pode ser que tenha uma influência fora do Pantanal. O entorno das cidades sofre um pouco mais, por conta do progresso. Mas na nossa região ainda está muito bem conservada", disse o artista, que possui fazendas nas áreas mais afastadas do bioma. As propriedades, inclusive, serviram de cenário para as gravações da novela.

Comoção - Na terça-feira (01), foi ao ar capítulo em que a direção da novela utilizou imagens reais dos incêndios que consumiram extensa área do bioma entre 2019 e 2020. O Brasil inteiro se deparou com sequências de devastação, que já haviam comovido o sul-mato-grossense, diariamente, naquele período. Em um dos momentos mais emocionantes do capítulo, as imagens foram pano de fundo para um show de atuação de Osmar Prado, que vive o Velho do Rio, entidade que tenta proteger o bioma.

"Arraiá" - Nesta sexta-feira, além de show de Almir Sater a 43ª Festa Junina de Dourados também tem show do grupo Forrodiando. Amanhã (02), no último dia de festa as atrações são Douglas Davi e Grupo Não Tem Hora.

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Nos siga no Google Notícias