A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

27/06/2018 18:25

Reunião entre PM, Guarda e Sectur discute perseguição a artistas

Além dos representantes de cada entidade, participou da reunião também o sertanejo Guarany

Thaís Pimenta
Com os presentes, ficou decidido que haverá reformulação do decreto discutido e uma nova reunião com todos os produtores culturais. (Foto: Assessoria)Com os presentes, ficou decidido que haverá reformulação do decreto discutido e uma nova reunião com todos os produtores culturais. (Foto: Assessoria)

A primeira e tão prometida reunião da Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo) com a (PM) Polícia Militar para resolver as questões de perseguições contra artistas de Campo Grande finalmente aconteceu hoje  (27),  de manhã, no Comando Geral da Polícia Militar.

Participaram da reunião a secretária municipal de Cultura e Turismo, Nilde Brun, o deputado estadual Pedro Kemp (PT-MS), Guarany (Dupla Tostão e Guarany), o comandante da Guarda Municipal, Anderson Gonzaga, o secretário municipal de Segurança e Defesa Social, Valério Azambuja e assessores.

A grande demanda dos artistas, que há meses pedem por mais respeito aos seus direitos, é que os trabalhos culturais possam ser feitos em harmonia, com a organização e o público em segurança. Ou seja, que a PM e a Guarda Municipal não sejam alvo, justamente, de agressividade e violência para com os organizadores e participantes, mesmo que os eventos aconteçam na rua.

O sertanejo Guarany diz antes mesmo de os artistas independentes dos rolês na rua, como o Slam Campão e o Teatro Imaginário Maracangalha, conversarem com a Sectur, ele já vinha nesse diálogo com o órgão. Mesmo assim, a intenção é que aconteçam mais encontros com todos os produtores culturais de Campo Grande.

"A reunião debateu sobre o decreto municipal 12165, que trata sobre os eventos que ocorrem nas praças e nos espaços público. Por exemplo, para um evento pequeno e sem estrutura não se fala no decreto. O nosso interesse é construir políticas públicas para que as pessoas que usam esses espaços sejam beneficiadas. Nós tivemos um diálogo para que isso seja discutido com todas as entidades de segurança, DEOPS (Delegacia Especializada de Ordem Política e Social), a Agetran, A Ciptran, PM, Guarda Municipal e Sectur. A ideia é que os produtores culturais pra que juntos forme as politicas para que possamos fazer os eventos com segurança e tranquilidade", diz o músico.

Guarda Municipal, comandantes da PM, Guarany  e Nilde Brum se reuniram. (Foto: Assessoria)Guarda Municipal, comandantes da PM, Guarany e Nilde Brum se reuniram. (Foto: Assessoria)

Kemp é conhecido por se sensibilizar com pautas culturais e, na última reunião  que aconteceu com a Sectur e cerca de 25 artistas, no dia 14 de junho, havia ficado responsável por fazer contato com as lideranças da Polícia e da Guarda.

De acordo com ele, "nos reunimos para discutir a segurança nos eventos culturais com o Comando da PM, um pedido dos artistas que reclamaram das abordagens da PM nas ruas", conforme já explicitado por Guarany.

Nos finalmentes da reunião, dicou decidida a reformulação do decreto municipal para esclarecer as normas nas áreas públicas. "Vamos todos juntos organizar agora uma reunião entre todos os envolvidos”, detalhou Kemp. A data ainda será definida e divulgada.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.