ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 25º

Artes

Série de fotos incríveis continua à venda para ajudar favela e agora indígenas

Você tem até o dia 15 de agosto para comprar foto que conta história por R$ 100,00 e ainda ajudar quem mais precisa neste momento

Por Paula Maciulevicius Brasil | 31/07/2020 09:15
Uma das imagens presentes no projeto, do fotógrafo Renato Zaar. (Foto: Renato Zaar)
Uma das imagens presentes no projeto, do fotógrafo Renato Zaar. (Foto: Renato Zaar)

A campanha 100 Fotos para MS foi prorrogada e você pode comprar uma imagem e ainda fazer o bem até o dia 15 de agosto. São 100 fotografias, doadas por 100 artistas e à venda por R$ 100,00 cada uma, com entrega para todo País.

Agora, além da Cufa (Central Única de Favelas), o lucro das vendas também vai beneficiar o Coletivo Terra Vermelha, que desde 2012 oferece auxílio às comunidades indígenas sul-mato-grossenses.

Além da assistência social e jurídica aos povos indígenas de várias etnias, como os Guarani, Terena e Kaiowá, o Coletivo tem levado cidadania e justiça onde a “mão invisível do Estado” sequer existe. Ações como distribuição de cestas básicas, de material de higiene e de agasalhos, manutenção de barreiras sanitárias, criação de campanhas beneficentes, oficinas culturais, articulação política são iniciativas do Coletivo Terra Vermelha.

Foto também presente para compra. (Foto: Fernanda Sabô)
Foto também presente para compra. (Foto: Fernanda Sabô)

Na pandemia do novo coronavírus, essas comunidades estão extremamente vulneráveis ao contágio da COVID-19, por isso os voluntários vêm desenvolvendo ações de prevenção e combate à propagação do vírus nas aldeias

A série de fotos segue temática de natureza e também retrato, fotojornalismo, documental, arquitetura, ensaio, minimalismo, cotidiano, surrealismo e até fotografia de eventos estão presentes no acervo doado. Além da capital, fotógrafos de cidades como Dourados, Fátima do Sul, Nova Andradina, Aquidauana, Nova Alvorada do Sul e Itaporã se sensibilizaram e aderiram à ação beneficente.

Com o prazo prorrogado, quem ainda não comprou uma fotografia tem mais 15 dias para apoiar a campanha, que envia os pedidos para qualquer lugar do país. Aline Teodoro, uma das produtoras da iniciativa, lembra que não se trata apenas da venda de fotografias, mas de uma ação solidária de arrecadação. “A campanha também tem como efeito a divulgação do trabalho desses artistas e até uma integração muito interessante entre artistas de várias cidades do estado, mas a ideia central é arrecadar recursos pra ajudar comunidades que não têm a mesma igualdade de oportunidades que nós temos de nos proteger da covid-19”, ressalta.

O site da campanha, onde você pode visitar a galeria e fazer a compra, é o www.100FotosParaMS.com.br.

Confira a Galeria de Imagens: