A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

19/07/2019 08:34

Volta de “O Rei Leão” faz duas gerações chorarem juntas nos cinemas

Filme estreou no dia 17 de julho e levou filhos, pais e avós à história de Simba e seus amigos

Alana Portela
Andreia Corrêa levou o filho André Lucas Corrêa de 12 anos para assistirem juntos (Foto: Alana Portela)Andreia Corrêa levou o filho André Lucas Corrêa de 12 anos para assistirem juntos (Foto: Alana Portela)

Impossível não se emocionar com o filme “O Rei Leão” que conquistou gerações e voltou às telonas 25 anos após a primeira estreia. Pais e filhos lotaram os cinemas de Campo Grande ontem, em dia de estreia. A maioria saiu com os olhos vermelhos, mas outros reclamaram que realismo demais "engessou" a história.

De animação para live action, a sequência faz sentir de novo aquele frio na barriga ao ver Simba (Donald Glover), ainda leãozinho, desbravando a natureza. O público sofre, mas também ri muito com as trabalhadas de Timão (Billy Eichner) um suricato, e Pumba (Seth Rogen) um javali fedorento.

Quem assistiu ao filme ainda na infância chorou de novo com as reviravoltas na história. “A cena da morte do Mufasa é emocionante. Acho que tudo que remete à infância é mais profundo e toca nossas emoções”, disse a analista do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, Carol Mougenot, que não segurou as lágrimas no cinema.

Carol Mougenot a o esposo, Luis Eduardo Bernardas foram assistir a réplica  (Foto: Aquivo pessoal)Carol Mougenot a o esposo, Luis Eduardo Bernardas foram assistir a réplica (Foto: Aquivo pessoal)
O casal esteve na Disney e conheceu um dos personagens do filme, o babuíno Rafiki(Foto: Aquivo pessoal)O casal esteve na Disney e conheceu um dos personagens do filme, o babuíno Rafiki(Foto: Aquivo pessoal)

Ela é formada em Direito, tem 29 anos, e assistiu ao filme pela primeira vez quando tinha quatro anos. “Foi o primeiro filme que assisti da Disney, sou fã de animações”, afirmou. Carol é casada com o funcionário público, Luís Eduardo Bernardas, 30 anos, e eles são tão fascinados pelo mundo das animações que até viajaram para Disney em 2017, onde passaram a lua de mel. Lá, encontraram o reino da selva e tiraram foto com Rafiki, o babuíno conselheiro que ajuda Simba.

Mas de volta ao cinema, ele se decepcionou. “Desde que soube do live action fiquei ansioso. Fui preparado para chorar, mas, infelizmente, não me emocionei como esperava. O excesso de realismo, ao mesmo tempo que impressiona, engessa os personagens, pois como são animais não esboçam sentimentos faciais”, disse Luis Eduardo. “Ainda que tenha me emocionado, essa nova versão me decepcionou, achei realista demais, senti falta do lúdico. Cortaram partes engraçadas do desenho”, completou a esposa.

A dona de casa Andreia Corrêa, 37 anos, levou o filho André Lucas Corrêa, de 12 anos, para conhecer o “espírito” da obra, a mesma idade que tinha quando conheceu o filme. “Quando assisti pela primeira vez fiquei emocionada, por isso quis trazer meu filho para conhecer também. Agora está mais técnico, moderno. A criança que está dentro da gente, não perdemos. Relembro de coisas do passado, pois tinha uns 12 anos quando conheci”.

A empresária Fernanda Arnulf levou 16 acompanhantes para o cinema (Foto: Alana Portela)A empresária Fernanda Arnulf levou 16 acompanhantes para o cinema (Foto: Alana Portela)

A empresária Fernanda Arnulf de Oliveira, tem 40 anos e decidiu unir a gurizada e passear no cinema com a “renca”. “Desde que surgiu a releitura combinei com meus filhos que viríamos assistir e foi justamente no período de férias. Tô com 5 sobrinhos em casa e juntamos mais a turma do condomínio, e viemos em 16 pessoas. Eu tinha uns 8 anos quando assisti pela primeira vez, foi no cinema mesmo, depois assisti com meus filhos e sempre me emociono”, relatou.

Questionada sobre a importância da animação na vida das crianças, Fernanda destacou a cultura e os ensinamentos. “Tem bons princípios, ensinamentos, família, união, fidelidade”. Com ela estava também seu filho, João Pedro Arnolf de 11 anos, o mais fanático pela história da segunda geração. “É um filme divertido que ensina sobre a vida, fala da lealdade. Agora, como os personagens são de verdade vale a pena assistir novamente. Não chorei”, disse.

Gerações - O motorista, Vanderlei Rodrigues, 44 anos, aproveitou a tarde de ontem (18), para ir com o filho, Willian Alves de 25 anos no cinema. O pai conheceu a história em animação há dois anos e gostou, por isso aceitou o convite do filho para ver a réplica da obra em live action.

Willian Alves ao lado do pai, Vanderlei Rodrigues (Foto: Alana Portela)Willian Alves ao lado do pai, Vanderlei Rodrigues (Foto: Alana Portela)
A vovó Mariana Ribeiro levou a Ana Alice de 3 anos para o cinema (Foto: Alana Portela)A vovó Mariana Ribeiro levou a Ana Alice de 3 anos para o cinema (Foto: Alana Portela)
Vanderlei Rodrigues é motorista e foi assistir ao filme no cinema (Foto: Alana Portela)Vanderlei Rodrigues é motorista e foi assistir ao filme no cinema (Foto: Alana Portela)

“O filme, apesar de ser infantil, é alegre e assisto com meus netos. Meu filho disse que estava em cartaz e não era formato de desenho, e agora mostra mais a realidade. É mais emocionante quando o Timão e o Pumba encontram o Simba”, contou o motorista, dando um spoiler de uma das cenas.

Já Willian, que é estudante, afirmou que estava se preparando para o lançamento de “O Rei Leão” desde o primeiro trailer. “Assisti ao filme pela primeira vez quando tinha 13 anos, mas na época não entendia bem. Agora vejo que é um filme divertido, tem a parte tensa e a outra alegre como o Tião e Pumba”. Além do pai, ele também levou para o cinema a mãe e o tio. “É o momento de reunir a família”, destacou.

A vovó, Mariana Ribeiro, 65 anos, levou a netinha, Ana Alice de três anos para verem o filme na telona juntas e se emocionarem. “Vim assistir ‘O Rei Leão’ porque ele é especial”, falou a pequenina meio tímida. Já a avó comentou, gosta da obra por conta da sensibilidade. “Transmite carinho, sabedora e isso me toca. Tinha 40 anos quando vi pela primeira vez e sempre choro, sou muito emotiva. Com ela [neta], assistir várias vezes porque temos o filme em casa”.

Quem também foi levar a neta ao cinema foi a dona de casa, Lídia Rosa Heyn. “Conheci o filme através da minha neta Camila de 5 anos, assistimos umas seis vezes. Choramos apenas na primeira vez porque é muita emoção, agora não mais. Acho importante passar esse conhecimento para as crianças por conta do contato com os animais, fala da convivência e ensina sobre solidariedade e amizade”, comentou a avó se referindo a amizade improvável entre um leão, um javali e um suricato.

Simba é um leão destinado a ser o rei da selva (Foto: Divulgação)Simba é um leão destinado a ser o rei da selva (Foto: Divulgação)
Walid Ghaddara tirando selfie com Camila Valadares, de xadrez, ao lado de outros amigos (Foto: Arquivo pessoal)Walid Ghaddara tirando selfie com Camila Valadares, de xadrez, ao lado de outros amigos (Foto: Arquivo pessoal)

Galera - A publicitária Camila Valadares, 22 anos, foi prestigiar o filme ao lado de outros sete amigos, com idades entre 22 a 25. Eles são fãs da obra, compraram os ingressos há duas semanas e marcaram presença na pré-estreia, que ocorreu a meia-noite do dia 17 de julho. O momento era propício para reunir a turma já que o amigo, Walid Ghaddara estava completando 25 anos. Ninguém conteve o choro. “Todos se emocionaram, mas em partes diferentes. O momento que me tocou foi quando Mufasa morreu e depois, quando Simba ‘encontra’ o pai e decide voltar pra casa”.

“É um desenho maravilhoso e o filme só alonga essa história de gerações”, falou. Sobre a moral da história, afirmou. “A gente nunca pode desistir do nosso destino, que apesar das coisas parecerem difíceis temos que seguir em frente”, afirmou.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram

 

Momento em que Simba é apresentado à selva (Foto: Divulgação)Momento em que Simba é apresentado à selva (Foto: Divulgação)
Simba, Pumba e Timão se tornam amigos (Foto: Divulgação)Simba, Pumba e Timão se tornam amigos (Foto: Divulgação)
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.