A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Maio de 2019

11/12/2018 08:58

Apesar de ouvir muito não, há 5 anos José insiste em entregar Bíblia pela cidade

Ele doou a Bíblia encontrada intacta, após incêndio no Hotel Nacional, nesta segunda-feira

Thailla Torres
José é aposentado e há cinco anos entrega bíblia pela cidade. (Foto: Henrique Kawaminami)José é aposentado e há cinco anos entrega bíblia pela cidade. (Foto: Henrique Kawaminami)

O incêndio em um dos hotéis mais antigos do Centro de Campo Grande, na tarde de ontem, fez o militar aposentado José dos Santos, de 73 anos, pular cedo da cama nesta terça-feira para contar sua história. Há cinco anos ele insiste em entregar Bíblias pela cidade, apesar de ouvir não e ser rejeitado até por religiosos que não acreditam no tal livro sagrado.

“Os muçulmanos falam que essa Bíblia não resolve nada e outros simplesmente não aceitam”, conta. Alguns tentam ser cordiais e inventam desculpa. “Falam que já têm”, comenta

Mesmo assim, ele não desiste. Quase todos os dias, sai pela cidade entregando exemplares pequenos que só mudam de capa de acordo com o destino. “Com capa branca, vão para hospitais. A verde vai para o Exército, azul para hotéis e outros estabelecimentos”, diz mostrando a Bíblia com estampa camuflada que leva no carro.

Ele foi cedo no hotel contar sua história e ouvir os hóspedes. (Foto: Henrique Kawaminami)Ele foi cedo no hotel contar sua história e ouvir os hóspedes. (Foto: Henrique Kawaminami)

O trabalho voluntário ganhou destaque na tarde de ontem durante o incêndio, quando o Corpo de Bombeiros encontrou Bíblias intactas dentro de uma cômoda destruída. José acredita que o objeto foi preservado graças a um milagre. "Ela não queima porque a palavra de Deus não se perde fácil. Se ela tivesse sido destruída, não seria verdadeira", diz.

Para ele, a repercussão é também uma pontinha de esperança em meio ao caos e a tristeza ao olhar os estilhaços que sobraram no último andar. "Eu espero que isso não tire a fé dessas pessoas", torce.

José diz que é evangélico há 51 anos, mas respeita todas as religiões e começou o trabalho voluntário com intuito de levar um momento de reflexão a outras pessoas. "Nem todo mundo aceita e nem todo mundo lê, eu sei disso, mas só o fato dela estar ali já é uma proteção, a Bíblia é sagrada".

O aposentado faz parte da Associação Gideões Internacionais, dedicada na distribuição de Bíblias nos hotéis, motéis, escolas, hospitais, repartições públicas civis e militares, presídios, escritórios de advocacia e consultórios médicos, por exemplo. Só ano passado, José garante que entregou 8 mil livros pela cidade.

"E a caminhada continua, mesmo alguns dizendo não e falando que isso não resolve nada, eu continuo porque acredito que a palavra dele não se desfaz. Porque quando não há ajuda do ser humano, temos Deus".

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

Bíblia encontrada no Hotel Nacional após o incêndio. (Foto: Kerolyn Araújo)Bíblia encontrada no Hotel Nacional após o incêndio. (Foto: Kerolyn Araújo)


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.