ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 20º

Comportamento

Com óleo e roupa usada, startup de Ana quer salvar planeta e renda de mulheres

Ideia na atuação ambiental e social evita o descarte de óleo na água e fabrica até enxovais para cães com retalhos

Por Danielle Valentim | 24/10/2019 06:21
Com a economia colaborativa como base, Ana criou um startup para salvar o planeta e a renda de muitas mulheres.
Com a economia colaborativa como base, Ana criou um startup para salvar o planeta e a renda de muitas mulheres.

Com a economia colaborativa como base, Ana criou um startup para salvar o planeta e a renda de muitas mulheres em situação de vulnerabilidade social de Campo Grande.

A ideia na atuação da responsabilidade ambiental e social nasceu em 2017 com a Du Bem Nature Eco. O rumo dos estudos avançou de forma considerável e se expandiu para a linha de limpeza e fabricação de sabão (com o recolhimento de óleo de cozinha) e enxovais para cães (com retalhos de roupas).

Antes de se aventurar no mundo mais sustentável, Ana Cristina Franzoloso, de 49 anos, que já era graduada em Administração e se especializou em Gestão Ambiental, Gestão de Projetos, Perícia Ambiental e, por dois anos, atuou via web em Inovação e Tecnologia dos Resíduos Sólidos, na Alemanha.

Um startup de sucesso nada mais é que um modelo de negócio mais desburocratizado, onde o ineditismo seja replicado e monetize renda. A Du Bem é voltada para o negócio social, mas não é ONG, afinal, é um trabalho onde todos ganham: a economia colaborativa.

“E fomenta o que me chamo de economia colaborativa alinhada a causa ambiental. Os apoiadores também ganham e fomentam a marca, já que passam a apoiar um projeto de responsabilidade social e ambiental”, frisa.

Outra proposta da Du Bem é a enviar mensalmente um informativo de quanto o programa arrecadou e impactou com seu trabalho.

Óleo descartado.
Óleo descartado.
Sabão ganha cores.
Sabão ganha cores.
Produções na comunidade prontas para a venda.
Produções na comunidade prontas para a venda.

Depois de dois longos processos seletivos, Ana é uma das residentes no Sebrae, onde ganha a estrutura para continuar trabalhando e desenvolvendo a startup.

A administradora conta que tudo partiu da Du Bem Nature Eco, que hoje é somada a Du Bem Produtos Ecológicos, que desenvolve o projeto Água Para a Vida e a produção de sabão líquido e em barra com óleo usado de cozinha, e a Du Bem Pet, que fabrica camas e enxovais para cães usando retalhos de roupas que antes iam para o lixo.

“Hoje temos a linha 1 que é de limpeza. A gente já fabricava o sabão, mas para acelerar o processo e impactar mais gente, nesta Semana do Lixo, lançamos a “Água para a Vida” que distribuirá “óleo ponto” em espaços de apoiadores e temos a linha Bem Pet, que é a fabricação de enxoval com retalho. São projetos sustentáveis, onde ajudamos o meio ambiente, as mulheres e também sua comunidade”, frisa.

Produções de enxovais.
Produções de enxovais.

Sobre o recolhimento de óleo usado de cozinha, o projeto já tem escolas que abraçaram a ideia e um “óleo ponto” no Comper da Spipe Calarge, que em apenas um mês arrecadou 600 litros de óleo.

“De 23 de setembro até hoje foram recolhidos 600 litros de óleo, em apenas um ponto. Quando as escolas receberem os “óleo pontos” conseguiremos limpar muito mais nossa água, porque um dos pilares do projeto é a educação e mudança social desde a infância”, conta.

Ana explica que o óleo recolhido vai para oficinas de bairros carentes, onde as mulheres participantes fabricam e comercializam o seu sabão. “Nós já temos pontos que comercializam os sabões e cerca de 400 clientes que utilizam os produtos feitos por essas mulheres”, explica.

Vale lembrar que um litro de óleo contamina 25 mil litros de água e a meta é que até dezembro sejam recolhidos 2000 mil de óleo salvando 50 milhões de litros de água e impactando pelo menos 300 pessoas da cidade.

Camas coloridas.
Camas coloridas.
Caminhas.
Caminhas.

Bem Pet - A administradora também é coordenadora do meio ambiente e ação social da BPW (International Federation of Business and Professional Women). Dentro da organização se juntou a proprietária da Lavstar Lavanderia Industrial para estudar o descarte de roupas.

Após muita pesquisa nas ruas verificou que ninguém comentava ou sabia sobre o destino das roupas, a não ser o lixo. Dessa forma, nasceu o projeto que fabrica o enxoval de cãezinhos, em julho de 2019.

“Fizemos um laboratório com roupas, toalhas, bandanas e caminhas frutos desses descartes, especificamente, para despertar esse empreendedorismo nas mulheres e empoderá-las. As costureiras são da comunidade e a atividade é uma forma de gerar renda para os próprios bairros onde vivem” pontua Ana.

O material feito nas casas das mulheres é recolhido e levados para feiras aleatórias, para após a venda a verba ser dividida. Agora o primeiro stand vendas fixo está sendo montado na auQmia Clinica e Petshop. “Atualmente, a Associação de moradores do Centenário é o maior ponto de fabricação e de venda dos sabões”, finaliza Ana.

Quer ser um apoiador? Conheça o trabalho da Du Bem no Instagram nos perfis @natureecobr ; @dubem_produtoeco e @dubempet .

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

Enxoval completo.
Enxoval completo.
Roupinhas.
Roupinhas.
Vestidinhos.
Vestidinhos.
Nos siga no Google Notícias