ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, DOMINGO  17    CAMPO GRANDE 22º

Comportamento

Márcia ganha carro em sorteio que pode virar tratamento contra câncer

Márcia adquiriu cupons durante passagem em Campo Grande para fazer quimioterapia, agora ela leva para casa um carro de R$ 65 mil

Por Lucas Mamédio | 08/01/2021 06:05
Márcia e o painel com a foto do carro que vai levar para casa (Foto: Divulgação/Comunicação)
Márcia e o painel com a foto do carro que vai levar para casa (Foto: Divulgação/Comunicação)

A cada relato de Márcia, fica mais difícil acreditar em coincidências. Parece que alguém roteirizou essa parte de sua vida e, ainda bem, com final feliz. Aos 48 anos, passando por um duro tratamento de câncer e com muitas contas para pagar, justamente por causa da doença, Márcia Pereira Tirloni, assina com os olhos cheio de lágrimas os papéis para receber o carro de pouco mais de R$ 65 mil que ganhou no sorteio de shopping, em Campo Grande.

A história é envolta de muitos significados, que contribuem para a beleza de seu "desfecho". Márcia mora em Nova Alvorada do Sul, a 115 quilômetros da Capital. Ela vem a cada 15 dias para Campo Grande fazer quimioterapia, necessária para tratar um câncer de mama agressivo descoberto em julho do ano passado.

Em uma dessas últimas viagens, no fim de dezembro, perto do Natal, ela e sua fiel escudeira, a irmã Graciele Pereira, também chorona, passaram para almoçar no Shopping.

Márcia e a irmã, Graciele, emocionada na sala do shopping (Foto: Lucas Mamédio)
Márcia e a irmã, Graciele, emocionada na sala do shopping (Foto: Lucas Mamédio)

O gasto com algumas peças de roupa, presentes de Natal para o filho e marido e também o gasto do almoço viraram cupons para serem cadastrados e ela concorrer ao sorteio do veículo, uma promoção já tradicional do shopping.

"Como esse ano a gente não deposita na urna, tivemos que cadastrar no site, nós ainda demoramos para fazer isso, quase perdemos o prazo", conta Márcia.

Pois nesta quinta-feira (7), Márcia estava em Campo Grande para mais uma sessão, que será realizada nos próximos dias. No meio da tarde seu telefone toca, ela n mercado com a irmã e o cunhado, um pequeno desencontro e ela consegue atender. É a notícia de que havia sido sorteada.

Em meio a lágrimas dos três, suspenderam qualquer programação e foram para o shopping.

Márcia passa por um severo tratamento de câncer na mama (Foto: Lucas Mamédio)
Márcia passa por um severo tratamento de câncer na mama (Foto: Lucas Mamédio)

Aos poucos Márcia foi revelando seu drama e como o sorteio parece mais um presente de alguém que sabia de sua necessidade. Ela está afastada da usina onde trabalha por ser do grupo de risco para o coronavírus.

Márcia bateu o carro no Natal, o que até fez ela hesitar em gastar o pouco dinheiro nos presentes. O resultado foi extraído com base no resultado da Loteria Federal do último dia 06/01/2021. Os últimos números dos bilhetes premiados formaram o número do sorteado, neste caso o número foi 70570.

Porém, aqui está, talvez, a maior das ironias do destino. O regulamento também prevê que caso não seja sorteado o número exato, o ganhador precisa ser por aproximação, o que foi o caso de Márcia, que cadastrou o número 70632. Funcionários do shopping e alguns familiares desses funcionários são vedados de receberem o prêmio por regulamento.

Márcia conta que 7 e 2 são seus números da sorte, que usa em várias ocasiões. Ela nasceu no dia 7 de fevereiro de 1972 e foi sorteada, lembrem-se, no dia 7.

"Tenho certeza que isso significa alguma coisa, que é um presente de Deus, tenho certeza", repete Márcia.

A responsável por dar a notícia à Márcia foi Stéphanie Brittes, chefe da comunicação do shopping Norte Sul Plaza. Ela não sabia, obviamente, da história da ganhadora, e se emocionou junto com todos.

"Cada fato novo que ela me contava eu não acreditava", disse ela, que também deixou escorrer algumas lágrimas.

Foram aproximadamente 10 mil cupons cadastrados. Existe um pequeno trâmite burocrático e o carro deve estar nas mãos de Márcia em até 30 dias. A ganhadora ainda não sabe o que vai fazer.

"Eu preciso voltar para casa, conversar com meu marido, mas tudo é possível: vender, ficar com ele, não sei, ainda to processando tudo isso".

Após tirar uma foto no painel da promoção, Márcia, a irmã e o cunhado vão embora com os papéis do sorteio e com a gratidão com a certeza de que foram assistidos por alguém, que não só a sorte.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário