ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEGUNDA  24    CAMPO GRANDE 24º

Comportamento

Na Afonso Pena, fast-food tinha rolê que enlouquecia qualquer gerente

Rolezinho ainda rende assunto no grupo de amigos; você lembra de algum point que dava o que falar na cidade?

Por Idaicy Solano | 09/05/2024 08:16
Maria e as amigas costumavam frequentar fast-food com frequência, quando lugar era ponto de encontro de adolescentes (Foto: Arquivo Pessoal)
Maria e as amigas costumavam frequentar fast-food com frequência, quando lugar era ponto de encontro de adolescentes (Foto: Arquivo Pessoal)

Não faz nem uma década, mas no grupo de amigas as lembranças dos encontros e da bagunça que rolava em um fast-food da Afonso Pena viram assunto a todo momento. Por isso, a estudante Maria Giullia Piccinin Duarte resolveu compartilhar as memórias do tempo em que a lanchonete lotava às sextas-feiras, embora a presença dos adolescentes, muitas vezes, tenha sido o maior terror do gerente.

O 'point' se foi e bagunça ficou na memória. A foto acima de 2017 mostra a turma de Maria quando adolescente em um encontro cheio de boas conversas.

A vantagem na época era o encontro com adolescentes de diversas escolas da região. Muitas vezes minutos cruciais para boas fotos e troca de contato nas redes sociais.

“Era o rolê que as mães deixavam na época, então a gente aproveitava. Não tinha muita coisa para uma pré-adolescente fazer aqui em Campo Grande, além de ir ao cinema ou ficar perambulando pelos shoppings, que já conhecíamos de cor e salteado, então era um jeito para escapar do rolê monótono”, explica Maria.

Maria diz que infelizmente não manteve contato com a maioria das pessoas que conheceu na época, mas os rolês ficaram marcados na memória e hoje, sete anos depois, ainda rendem assunto no grupo de amigos.

Era o nosso frio na barriga de adolescente por conhecer gente nova e sem os pais. Aquilo que parecia ser uma aventura na época, pela inocência da idade, e o momentos com as minhas amigas também, de sair da rotina pra se encontrar fora da escola, era legal”, conta a estudante, sobre a lembrança.

Mas nem sempre o lugar foi esse cenário tranquilo que Maria descreve. O que era para ser um "encontro da paz" muitas vezes terminou em confusão com direito a quatro brigas em um dia só.

Em 2018, polícia chegou a encontrar drogas e até munição com os adolescentes. À época, a lanchonete precisou reforçar a segurança devido ao fluxo dos adolescentes.

E você, lembra de outro rolezinho na cidade que já deu o que falar? Clique no Mapa Interativo em 'enviar relato' e deixe sua memória, se preferir, pode anexar uma fotografia.

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias