ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  28    CAMPO GRANDE 33º

Comportamento

No trabalho, Lourenço vive para surpreender colegas com serenata

Na SED, ele sempre traz um repertório romântico que já fez muita gente ficar emocionada

Por Jéssica Fernandes | 10/12/2023 07:40
Na SED, Lourenço faz entregas acompanhadas por serenatas. (Foto: Reprodução)
Na SED, Lourenço faz entregas acompanhadas por serenatas. (Foto: Reprodução)

O trabalho de Lourenço Rubens Benítez, de 63 anos, na recepção da SED (Secretaria de Estado de Educação) exige várias funções, mas tem uma em especial que é a marca registrada que o deixou conhecido entre os outros funcionários. A cada entrega que precisa fazer, como de buquês, ele faz questão de fazer o trabalho apresentando uma serenata.

O vídeo recebido essa semana pelo Lado B retrata um desses momentos que são parte da rotina dele. Na filmagem, o professor aparece na gravação com um buquê de rosas em mãos enquanto canta a música ‘O Tempo não espera ninguém’ do cantor Michel Teló. Após alguns segundos de cantoria, ele entrega as flores para uma colega de trabalho.

A situação é tão comum que o professor não se lembra ao certo há quanto tempo faz as serenatas. Ele explica que decidiu fazer, pois durante anos fez parte de um grupo de coral. “Eu trabalho na recepção da SED então as flores, buquês e cestas de cafés tem que passar por mim. Como fiz parte do coral do Estado de MS por 12 anos decidi entregar os presentes com uma canção ou parte de uma melodia romântica. As colegas de trabalho gostaram e a partir daí virou praxe”, afirma.

Veja o vídeo:

Além disso, ele relata que vez ou outra canta especialmente para um colega em datas comemorativas. “Virou rotina e as colegas até me cobram que quando for o aniversário delas tem que ter serenata. Às vezes tem colegas fazendo aniversário, compro uns bombons e eu vou na sala fazer uma serenata. Elas ficam bem alegres”, afirma.

Entre uma canção e outra, o professor garante que já fez muita gente ficar emocionada. “Às vezes tem colegas que não esperam essa surpresa da minha parte, mas eu já fiz muitas colegas chorarem, de alegria, é claro”, destaca.

Por falar em canções, o repertório dele é bem diverso, porém todas seguem a linha romântica. Alguns dos cantores que o inspiram são: Tim Maia, Roberto Carlos, Rio Negro e Solimões, Gustavo Lima, Vinícius de Moraes, Marisa Monte e Michel Teló.

Antes das apresentações ficarem restritas a SED, Lourenço recorda os tempos em que viaja com o grupo de coral. Tempos que alías, segundo ele, são motivo de saudade até hoje. "O coral fazia aberturas de eventos do Governo do Estado, era convidado por outras entidades para apresentações. Nosso coral treinava durante o ano inteiro pra poder fazer a Cantata Natalina e nos meses de novembro e dezembro o Coral percorria as secretarias e autarquias do MS cantando e alegrando os servidores públicos. Eu sinceramente sinto saudades", comenta.

Em relação as serenatas, pelo menos por enquanto, elas chegaram ao fim. A realizada nesta nesta semana foi a última. Fui deslocado para trabalhar em outro local a partir desta segunda-feira", justifica o professor.

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para entrar na lista VIP do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias