A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

01/10/2017 07:05

Pelo sonho de ter livro publicado, Toshimitsu reuniu a família antes de morrer

Mariana Lopes
Família Aratani reunida há um anoFamília Aratani reunida há um ano

Há um ano, no dia 24 de setembro, a família Aratani estava toda reúnida em Campo Grande. Familiares vieram  de Cuiabá, Manaus e até de Barcelona especialmente para o encontro. O anfitrião da festa era o pecuarista Toshimitsu Aratani, que tinha o sonho de deixar registrado as memórias dele enquanto esteve aqui.

Na série "O que Ficou de Quem Partiu" de hoje, o Lado B conta sobre este encontro de gerações da família Aratani. A saudade do tio Toshimitsu é recente. Ele faleceu nesta sexta-feira, dia 29 de setembro, aos 85 anos, por complicações na saúde.

Tudo começou com um livro que Toshimitsu queria escrever contando sobre a própria história de vida, como se fosse o registro de um legado que ele deixou para os descendentes. As páginas foram escritas pela jornalista Neiba Ota, que é casada com um sobrinho do pecuarista, Mucio Marinho.

"Ele ía me contando e eu escrevendo. Tínhamos um registro de fotos mais antigas, mas nenhum atual, com toda a família", conta Neiba. A jornalista o convenceu de quão bonito seria ilustrar o livro com imagens feitas por um profissional e ainda com a família reunida.

No fundo, as fotos foram pretexto para a família se encontrar. Exatamente um ano antes de morrer, Toshimitsu juntou filhos, irmãos, sobrinhos, netos em sua casa para celebrar a vida.

"Mesmo com a saúde frágil, ele fez questão de decidir os detalhes do evento, das fotos, do cardápio. Ficou presente no evento inteiro, que durou o dia todo", lembra Mucio.

E é desse jeitinho que Toshimitsu ficou na memória dos familiares, como uma pessoa muito ativa e participativa. "Ele não sabia dizer não para ninguém, da quermesse ao casamento ele estava lá", conta Neiba.

Toshimitsu com o livro de sua históriaToshimitsu com o livro de sua história
Família do ToshimitsuFamília do Toshimitsu

O livro começou a ser escrito em junho do ano passado e foi para a gráfica no final de dezembro. Em fevereiro deste ano, a edição estava pronta, mas o evento de lançamento foi só em abril.

"Ele é de uma família de sete irmãos, metade nascida no Japão e a outra aqui no Brasil. O tio foi o primeiro que veio para Campo Grande e aos poucos trouxe os irmãos. A maioria virou comerciante, todos com muito sucesso em tudo. O tio foi bancário por 30 anos e virou pecuarista. Para não perder essa história, ele queria registrar tudo. Então, fizemos as pesquisas, procuramos as fotos e, para finalizar o livro, ele reuniu toda a família para os últimos registros", diz a jornalista da família.

Encontro que estará pra sempre marcado na lembrança de todos os que ficaram. "Foi muito importante para fortalecer os laços. Com o crescimento da família, as gerações mais novas vão se espalhando pelo mundo. Reunimos em ocasiões como festas de fim de ano, aniversários e casamentos, mas devido aos compromissos de todos, normalmente são poucos que se encontram em cada evento. Na reunião do ano passado ele conseguiu trazer familiares que moram até em Barcelona, que veio só para o registro de fotos", lembra Mucio.

 



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.