ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, SÁBADO  13    CAMPO GRANDE 30º

Comportamento

Policial encontrou paz no saxofone e hoje até vizinho pede música

Da escolta à música: policial penal surpreende amigos com talento no saxofone e música alivia tensão na rotina

Por Thailla Torres | 19/02/2024 11:07
Há quatro anos dedicado ao saxofone, Matias já teve a oportunidade de se apresentar em eventos
Há quatro anos dedicado ao saxofone, Matias já teve a oportunidade de se apresentar em eventos

O ambiente de trabalho de um policial penal pode ser tenso e desafiador, mas para Matias, de 37 anos, esse estresse encontra alívio em uma paixão 'secreta' que agora está ganhando destaque: a música. Matias vem surpreendendo seus colegas de profissão com seu talento no saxofone, e até mesmo os vizinhos estão pedindo música.

Tudo começou quando vídeos dele tocando o saxofone começaram a circular nas redes sociais, e a fama de Matias como músico se espalhou rapidamente entre seus colegas de trabalho. "Comecei a estudar música instrumental aos 13 anos, inicialmente com a clarineta, mas minha verdadeira paixão sempre foi o saxofone", revela Matias.

Nos dias de folga, o saxofone se torna o seu refúgio, um hobby que o transporta para longe da pressão e do ritmo acelerado do ambiente policial. "A profissão de policial penal é dinâmica e cheia de imprevistos. Este hobby alivia a carga diária da rotina", comenta ele.

Há quatro anos dedicado ao saxofone, Matias já teve a oportunidade de se apresentar em diversos eventos, desde aniversários até casamentos de pessoas conhecidas. No entanto, sua jornada na área da segurança pública começou há sete anos, e hoje ele faz parte do GEP (Grupamento Escolta Penitenciária) de Campo Grande.

"Entrei para a polícia penal porque achava a atividade interessante pela sua dinâmica. Trabalhava num escritório antes, e a falta de novidades não me cativava", explica Matias. "A dinâmica do trabalho policial é cativante, mas com o tempo a rotina pode se tornar pesada. É importante ter outros hobbies para aliviar essa carga", acrescenta.

A revelação de seu talento musical aconteceu de forma gradual. "Agora que comecei a postar vídeos nas redes sociais, meus colegas de trabalho viram e estão divulgando", diz ele. Surpreendentemente, seus vizinhos não apenas toleram, mas também apreciam sua música. "Quando ligo meus instrumentos, pensei que poderia estar incomodando os vizinhos, mas na verdade, eles até pedem música", revela o policial.

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para entrar na lista VIP do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias