ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEXTA  14    CAMPO GRANDE 31º

Comportamento

Tatá Marques foi Jesus duas vezes e com um gravador ganhou o povo

Apresentador fala de amenidades e revela o porquê nunca caiu na tentação que é a vida política

Por Thailla Torres | 12/04/2024 08:07
Tatá Marques durante entrevista descontraída ao Lado B do Campo Grande News. (Foto: Paulo Francis)
Tatá Marques durante entrevista descontraída ao Lado B do Campo Grande News. (Foto: Paulo Francis)

Tatá Marques é um nome que muitos conhecem, mas a nova geração, talvez, nem imagina todas as nuances por trás do apresentador multifacetado, que vai de um comentarista "puto da vida" com os problemas da cidade até um sarrista de dentadura, que tenta dar pirueta ao vivo sem medo do que vão dizer na redes sociais.

Durante visita à nova sede do Campo Grande News, ele topou uma conversa com o Lado B. Apesar de gostar de "sentar o porrete" ao vivo no que anda acontecendo de errado por aí, dessa vez a conversa é sem cobrança e sobre amenidades.

Antes de qualquer pergunta, ele coloca na roda que o Tatá da TV é o mesmo naquela entrevista. "Não sou um personagem, esse é o meu espírito". E revela sobre o que tornou o menino nascido em Bela Vista em um dos comunicadores mais conhecidos de Mato Grosso do Sul.

Tatá é nome artístico. Nascido como Atamaril Amaral Marques, o apresentador de 48 anos, prestes a completar 49, tem uma trajetória marcada por determinação e um espírito comunicativo desde a infância.

Filho de um militar e de uma dona de casa costureira, Tatá conta que enfrentou desafios desde cedo. A perda do pai aos 7 anos o obrigou a crescer rápido, assumindo responsabilidades e enfrentando as dificuldades da vida na Vila Nasser, em Campo Grande, quando se mudou com a mãe.

No bairro onde todo mundo se conhecia e muita coisa acontecia, era um contando da vida do outro e ao mesmo tempo enfrentando adversidades. Foi nesse cenário que Tatá encontrou sua vocação pela comunicação.

Desde pequeno, carregava consigo um gravadorzinho, presente de sua mãe, que o incentivava a entrevistar familiares e amigos, criando suas próprias reportagens e imitando vozes.

"Tudo isso faz parte do meu espírito. Eu sempre odiei injustiças, talvez porque tenha sofrido um pouco por conta dessas questões por ter vindo de uma origem simples", afirma Tatá.

Tatá Marques conhecendo a nova casa do Campo Grande News ao lado do diretor geral Lucimar Couto. (Foto: Paulo Francis)
Tatá Marques conhecendo a nova casa do Campo Grande News ao lado do diretor geral Lucimar Couto. (Foto: Paulo Francis)

A determinação em fazer o que era certo e ajudar a comunidade moldou sua personalidade e seus objetivos. "Fui tentando me desviar para o que é certo e sabia que a minha única chance era estudar. Então estudei, fiz o meu caminho. Minha avó era daquelas carolas, que me levava aos sábados para lavar a igreja do Coophasul. Foi lá que eu fui Jesus duas vezes na Semana Santa. Então fui me criando dentro desses conceitos de fazer o melhor, especialmente para a comunidade”, conta.

Foi vendo a criminalidade do bairro, a injustiça com uma criança que sofria bullying e a pobreza que Tatá sempre teve o desejo de defender aqueles que não têm as mesmas oportunidades, o que o levou de vez para a comunicação. Fez Publicidade e Propaganda, Jornalismo e pós-graduação em Administração de Marketing.

Tatá também viajou por diversos países e conquistou espaço nas emissoras de televisão. Há 13 anos no SBT, ele se destaca por uma programação que conversa diretamente com o público, sempre buscando trazer temas relevantes de uma maneira acessível.

Mas Tatá não se limita apenas à televisão. Ele também é reconhecido por sua habilidade em fazer merchandising de forma engraçada. Ao mesmo tempo que noticia, conversa com uma "égua" ao vivo e se diz capaz de vender qualquer coisa, desde que acredite e conheça os produtos. "Antes de tudo, sou um grande vendedor", assume.

Porém, mais do que o sucesso profissional, Tatá se orgulha do impacto positivo que sua comunicação tem na vida das pessoas. Hoje, seu objetivo é fazer pessoas melhores através de suas palavras, um propósito que o mantém longe da tentação da política há anos.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Meu propósito é a comunicação e fazer pessoas melhores através dela. A política não é comunicação nesse sentido, é um jogo do vale tudo e eu penso que a vida não é um vale tudo", diz o apresentador Tatá Marques.

Além de seu trabalho na televisão, fora das telas Tatá é um vaidoso. Pula cedo, lê todos os dias e cuida do físico bem mais que na juventude. "Eu vou fazer aniversário de 49 anos agora em maio e já está me dando uma pane, uma crise de existencial próximo à casa dos 50. Tenho que chegar arregaçando nesses 49, né? Comecei preparação física, dieta, caramba, eu quero chegar trincando", diz rindo.

Estudando todos os dias, ele também planeja lançar em breve um curso para ajudar as pessoas a alcançarem seus objetivos, compartilhando métodos e protocolos que funcionaram para ele. Mas tranquiliza os telespectadores de que não vai largar a televisão. "Meu propósito sempre será a comunicação e a atenção real pela pessoa que nos assiste é o que mais me emociona", finaliza.

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias