A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

05/03/2017 07:20

Unidos pela balada, casal abre mão das tradições e faz casamento em bar

Thailla Torres
Joyce e Pedro levaram o juiz de paz para dentro do bar. (Foto: K Conle)Joyce e Pedro levaram o juiz de paz para dentro do bar. (Foto: K Conle)

Não importa os gostos musicais ou escolhas na vida, Joyce e Pedro estão sempre em sintonia. Juntos, são parceiros do samba ao rock. Ele tem 50 anos e ela 34, baladeiros assumidos, decidiram que o casamento seria um momento único e inesquecível dos dois.

Resolveram deixar de lado algumas tradições, como casar na igreja, o terno e gravata e as damas de honra. Os dois disseram sim ao amor dentro de um bar. Em um cerimônia intimista para parentes e amigos, como se fosse em casa, eles realizaram um sonho depois de 2 anos de namoro.

O casal se conheceu na balada, curtindo uma noite de rock no Blues Bar, em Campo Grande.  Ela campo-grandense e ele carioca, foram apresentados por amigos. O romance não começou logo de cara, porque Pedro tinha um relacionamento na época. Quando finalmente se reencontraram, a história dos dois começou.

Bar foi cenário para dizer sim ao amor. (Foto: K Conle)Bar foi cenário para dizer sim ao amor. (Foto: K Conle)

"Eu e Pedro temos gostos muito parecidos. Nos demos bem logo de cara, mas na época desencanei porque ele namorava. Passou um tempo e nos reencontramos na academia", lembra Joyce.

O romance surgiu quando os dois menos esperavam. Joyce é mãe de dois filhos e já tinha sido casada. Pedro José Menezes de Macedo foi casado durante 24 anos. Matrimônio era o último dos desejos em comum entre eles, mas o amor mais uma vez falou bem alto. 

Joyce é do tipo animada, que curte todo tipo de música. Pedro é biólogo, apaixonado por surf e fã de rock. Juntos não abrem mão de curtir a noite. Depois do trabalho, felicidade do casal é brindar ao som de música, conversa com os amigos e uma balada.

"Acho que sempre foi isso que contou muito. Sempre estamos em sintonia. Ele gosta de rock, mas faz questão de ir comigo em um samba e acho que essa maturidade e a segurança que ele passa é o fato que eu mais admiro", diz Joyce, apaixonada.

De início, ela chegou a propor que o casamento fosse dentro de casa, mas de jeito bem carioca e boêmio. Mas Pedro adorou a ideia do bar. "Um bar tem toda uma identidade praiana como a gente. E eu achei maravilhoso, porque estava ali com os amigos de um jeito mais informal", diz ele 

Casamento no bar também ficou bem mais barato (Foto: K. Conle)Casamento no bar também ficou bem mais barato (Foto: K. Conle)

Para primeiro brinde, Joyce diz que usou as taças de champanhe, mas depois foi a cerveja gelada que marcou presença. No cardápio, claro, só as comidinhas de boteco. "A vantagem? Além da gente se sentir em casa, foi a economia com certeza. Com o dinheiro que se gastaria em uma enorme a festa, a gente pode ter outros planos", diz.

Até o ensaio de casamento foi dos mais descontraídos. Aproveitando um cenário paradisíaco, os dois brincaram em frente as câmeras com a prancha de surf. "A gente gosta muito de se divertir e esse jeito descontraído faz parte da nossa vida, acho que por isso combinamos tanto", reforça o noivo.

Os dois disseram sim no dia 1º de março e agora os únicos planos são curtir toda felicidade pela frente. "A gente é o casal que quer se divertir desde a hora que acorda. Somos muito parecidos, mas cada tem sua particularidade que completa. Eu nem pensava mais em casar, mas o amor é uma surpresa, né?", diz Joyce.

Curta o Lado B no Facebook.

Casal baladeiro, foi descontraído no ensaio de casamento.Casal baladeiro, foi descontraído no ensaio de casamento.
Quando eles nem pensavam mais em casar, o amor veio como surpresa.Quando eles nem pensavam mais em casar, o amor veio como surpresa.


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.