ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 26º

Comportamento

Victor é confundido com “soldado de Bolsonaro” ao brincar de Toy Story

Além de descolar uma grana, o "soldado" diz que sonha mesmo é em voltar para a universidade

Por Suzana Serviam | 13/09/2021 13:39


Victor Montalvo Cassarrubia, de 28 anos, é o "soldado humano" ou estátua viva, que interpreta personagens como Homem Aranha, Army Me e Toy Story para garantir uma grana pelo Centro de Campo Grande, desde último sábado, quando chegou à cidade para tentar uma vida melhor. Ele é colombiano e se diz "apaixonado pelo Brasil".

No entanto, na manhã de hoje (13), enquanto atuava na Rua Antônio Maria Coelho esquina com a Bahia, além de chamar a atenção no trânsito, o artista de rua também foi confundido com "soldado de Bolsonaro", atual presidente, principalmente, pela cor verde e a arma de brinquedo na mão. Motociclistas e motoristas passavam pelo local buzinando e gritando "Ê, Bolsonaro".

Ele explica que o seu trabalho não tem nada a ver com a política. "As pessoas confundem, acham que eu estou fazendo alguma coisa política". Na verdade, a vestimenta é para atrair o público, na tentativa de “descolar uma grana” mesmo, especialmente, para conseguir agilizar a documentação que ele precisa tirar para permanecer na Capital.

O colombiano chegou ao Brasil em busca de oportunidade para trabalhar, diz. "A situação do meu país não é boa", afirma. Por esse motivo, prefere passar o dia todo trabalhando no sol do que em sua terra natal.

Ele conta que chegou pela fronteira da Bolívia e escolheu o Brasil "por acreditar que aqui exista mais oportunidade de emprego". Aos olhos do recém-chegado, "as pessoas daqui são calorosas, bonitas e a culinária muito saborosa", acrescentou.

Na Colômbia, o "soldado" diz que chegou a cursar três semestres de Administração, mas as condições financeiras e a situação do país o impediram de continuar. Por aqui, ele afirma que seu desejo é voltar para a universidade.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário