ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  08    CAMPO GRANDE 20º

Consumo

Barbearia tem mascote e apelo do dono para ter mais clientes

Em portinha na Avenida Euler de Azevedo, dono resolveu deixar mensagem pedindo clientes

Por Thailla Torres | 05/07/2022 08:10
Além do cachorro Pegão, que é queridinho do lugar, barbeiro resolveu deixar mensagem direta para atrair os fregueses. (Foto: Alex Machado)
Além do cachorro Pegão, que é queridinho do lugar, barbeiro resolveu deixar mensagem direta para atrair os fregueses. (Foto: Alex Machado)

Fazer propaganda do próprio negócio não é muito o forte do barbeiro Leandro de Paula Pires, de 38 anos. De poucas palavras, foi até difícil tirar dele um pouco da sua história. Por isso, ele resolveu ser direto na fachada do seu salão com a seguinte mensagem: “Preciso de clientes”.

A mensagem pintada há poucos dias é o que gera curiosidade em quem passa na Avenida Euler de Azevedo e tem rendido a freguesia ao barbeiro. “Eu quis passar uma mensagem humilde e diferente. Algumas pessoas acabam entrando curiosas”.

O lugar é bem simples, nada parecido com a “nova geração” de barbearias que mais parecem um spa. Mesmo assim, Leandro diz que é feliz onde está. “Moro no fundo e atendo aqui na frente, ainda tenho a companhia do Pegão, nosso mascote”.

Cachorro chamado Pegão é a estrela do lugar. (Foto: Alex Machado)
Cachorro chamado Pegão é a estrela do lugar. (Foto: Alex Machado)

O cachorrinho peludo é a estrela do lugar e conquista especialmente as crianças na hora do atendimento. Além disso, o cachorro acostumado andar pela vizinhança já é conhecido até na avenida movimentada. “Todo mundo sabe que ele é daqui, então nem tenho mais medo”.

Com mensagem direta e Pegão como amigo, Leandro chega a atender 10 clientes por dia. O corte de cabelo é R$ 25,00 e o pacote com corte e barba fica R$ 40,00.

Leandro conta que é barbeiro há cinco anos e chegou em Mato Grosso do Sul em 2018. Por aqui, viveu alguns perrengues que ele prefere deixar no passado, mas diz que ama Campo Grande e vê a cidade como um recomeço.

“Essa cidade me acolheu muito bem. Tenho adoração por Campo Grande e principalmente pelos meus clientes que acabam virando amigos”, diz o barbeiro que é natural de Canoinhas (SC).

Agora, tudo o que ele quer é que a mensagem tenha efeito e a freguesia aumente. “As coisas estão caras, né. Temos que pagar as contas”, finaliza.

Leandro é barbeiro há 5 anos e decidiu recomeçar a vida em Campo Grande. (Foto: Alex Machado)
Leandro é barbeiro há 5 anos e decidiu recomeçar a vida em Campo Grande. (Foto: Alex Machado)
Mensagem deixada por Leandro na fachada da barbearia. (Foto: Alex Machado)
Mensagem deixada por Leandro na fachada da barbearia. (Foto: Alex Machado)

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Nos siga no Google Notícias