ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUARTA  15    CAMPO GRANDE 20º
Dicas para economizar energia em casa e pagar menos na conta de luz

Consumo

Dicas para economizar energia em casa e pagar menos na conta de luz

Energia solar a partir de fazendas solares é uma opção

Por Anny Malagolini | 05/06/2020 08:14
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

A necessidade de trabalhar de casa devido à quarentena do novo coronavírus fez com que as pessoas passassem a consumir mais energia elétrica e, consequentemente, aumentassem o valor de suas contas de luz no fim do mês. Por isso, a Sunwise, especialista em energia solar e renovável a partir de fazendas solares, vai compartilhar diversas dicas que envolvem diminuir o consumo ou mudar seus hábitos no dia a dia, e vai esclarecer o que de fato pode ajudar você a economizar no final do mês.

Pequenas mudanças fazem muita diferença: desligar as luzes ao sair de um cômodo, tomar banhos mais curtos, abrir e fechar a geladeira sem demora, é o que aponta Dirceu Azevedo, sócio-diretor da Sunwise.

Equipamentos plugados, mas sem uso 

Começando por um hábito quase comum: eletrônicos plugados na tomada, mesmo sem uso.

O roteador da internet e a geladeira são alguns equipamentos que precisam ficar ligados sempre. Já a televisão, o notebook e o micro-ondas podem ser desligados quando não estão em uso.

O que muita gente não sabe é que isso pode representar até 20% do seu gasto mensal com energia elétrica. Portanto, deixá-los desplugados pode ser a melhor ideia. Os eletrodomésticos que estejam sem utilização, como o freezer e ar-condicionado, também precisam ser retirados da tomada, pois embora não pareçam, eles continuam gastando energia.

Uma alternativa para evitar esse desperdício é investir em tomadas inteligentes. Algumas marcas que operam no país oferecem modelos que podem ser controlados por meio de um aplicativo para ligar ou desligar o fornecimento de energia. Portando, quando não estiver usando, fica mais fácil de "tirar" os aparelhos da tomada.

Cuidado com os eletrônicos vilões 

O chuveiro elétrico é o maior de todos. Depois o ferro de passar, a geladeira e o ar-condicionado; a máquina de lavar roupa, principalmente por causa do tamanho; e a iluminação.

No primeiro caso, a dica é reduzir o tempo de banho. O indicado pela   Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) são banhos de até dez minutos. E sempre que possível, deixe-o na posição verão, que consome até 30% menos energia. A resistência queimou? Troque! Fazer remendos, além de ser perigoso, desperdiça energia.

Use lâmpadas de led ou inteligentes.  

No geral, as lâmpadas de LED são projetadas para economizar até 80% de eletricidade, então podem causar um grande impacto na conta de luz. No caso das lâmpadas inteligentes – que em sua maioria possuem tecnologia LED – garantem mais luminosidade e menor consumo de energia elétrica. Algumas fabricantes já oferecem no Brasil sensores de presença que atuam junto às lâmpadas. Dessa forma, a iluminação funciona de acordo com a movimentação no cômodo, o que pode ser uma opção interessante para quem costuma esquecer de apagar a luz ao sair do quarto ou da sala, por exemplo.

Fazenda solar: a opção mais barata

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

A energia solar a partir de uma fazenda solar traz muitos benefícios às residências. Além de ser sustentável, também diminui o custo dos moradores e deixa as casas com eletricidade limpa. O funcionamento ocorre sob o conceito de energia fotovoltaica, que é a absorção da irradiação solar convertida diretamente em energia elétrica. Ou seja, quanto mais forte for a radiação solar maior será a quantidade de energia gerada. No entanto, mesmo em dias chuvosos e nublados, a produção continua a funcionar.

Em Minas Gerais, onde a Sunwise possui fazendas solares, o desconto na conta de energia pode chegar a 15%, por meio de um modelo mais sustentável de operação de residências atendidas pela CEMIG.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Como funciona

O modelo é mais simples porque no lugar de comprar equipamentos, é cobrada uma mensalidade, que funciona como uma espécie de aluguel da fração da usina dimensionada com base no consumo do cliente com valor proporcional, aplicando a dedução na fatura de energia.

“Na prática, a fazenda solar oferece uma solução para qualquer pessoa usar a energia solar, sem a necessidade de instalar painéis solares em seu telhado ou em sua propriedade. Uma proposta de mudanças simples, mas que podem fazer a diferença no orçamento familiar em tempos de incertezas diante a pandemia”, explica Dirceu Azevedo.

O cliente contrata uma franquia com base no histórico de consumo, além disso, o consumidor receberá mensalmente o acompanhamento de economia e da contribuição na redução de CO² no mundo.

Os interessados em aderir ao serviço podem acessar www.sunwise.com.br