ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SÁBADO  25    CAMPO GRANDE 19º

Consumo

Vitrines provam que a novela Pantanal está indo longe demais

De vestidos a bolsas, estampas de onça estão em alta nas lojas de Campo Grande

Por Jéssica Fernandes | 10/05/2022 06:45
Tatiane veste um dos vestidos da loja que tem na Avenida Calógeras. (Foto: Marcos Maluf)
Tatiane veste um dos vestidos da loja que tem na Avenida Calógeras. (Foto: Marcos Maluf)

Com o remake da novela Pantanal em alta, as estampas animal print voltaram como um destaque a mais nessa estação. Vestidos, cintos e bolsas provam que independente da peça, o importante é garantir um item de oncinha para completar o look. Se o seu estilo for mais Juma Marruá, Maria Augusta ou Madeleine, é certo que as lojas tem algum item te esperando. Mas isso tem a ver com a novela ou com o retorno de uma tendência?

O Lado B visitou duas lojas que chamaram a atenção dos leitores pelo investimento na divulgação de roupas e acessórios com essa característica. A primeira está localizada na Avenida Calógeras, no Centro de Campo Grande, enquanto a outra fica na Rua Pontalina, no Bairro Universitário.

Na semana passada, a loja da empresária Tatiane Jarcen, de 37 anos, rendeu foto nas redes sociais. Na fachada, as manequins estavam todas com vestidos de oncinha de diversos tamanhos, modelos e cores. Ontem (9), a equipe de reportagem visitou o local para descobrir com a proprietária se a novela da Globo influenciou ou não na procura do público por essa estampa.

Reportagem recebeu a imagem de manequins vestindo oncinha. (Foto: Arquivo pessoal)
Reportagem recebeu a imagem de manequins vestindo oncinha. (Foto: Arquivo pessoal)

De acordo com Tatiane Jarcen, de 37 anos, explica que o animal print sempre foi o carro-chefe da loja. “Animal print, vermelho e poá nunca saem da moda. Na coleção outono-inverno, elas predominam”, esclarece. Ela conta que um cliente visitou o local e fez uma brincadeira. “Passou um aqui e falou que eu tinha que colocar um quadro da onça e foi aí que me liguei”, diz.

A maioria dos vestidos foram vendidos no final de semana, porém ela não sabe dizer se foi ou não por influência da novela. “Eu não sei se as pessoas se familiarizaram com a novela ao ver minhas estampas, mas não foi proposital, porque eu já fazia esse trabalho. No meu Instagram, o que predomina é a onça”, frisa.

Com peças a partir de R$ 30, os vestidos com estampa animal print vestem do 38 ao 52. O design e o modelo são pensados por Tatiane e costurados por Wilma Aguiar. A costureira faz uma brincadeira ao falar o quanto as peças são procuradas pelo público. “Quando o inverno chega, as onças saem, ri.

Tatiane mostra os vestidos comercializados na loja. (Foto: Marcos Maluf)
Tatiane mostra os vestidos comercializados na loja. (Foto: Marcos Maluf)

Além dos vestidos estampados, o lugar também vende cintos de onça e conjuntos de cropped e pantalona. Em relação aos vestidos, os estilos são com fenda, vestido de manga, envelope e de transpassar.

Já no Bairro Universitário, a Maphi Bolsas e Acessórios é mais uma que investiu nos pedidos de animal print neste ano. A proprietária da loja, Bruna Stefanie, de 26 anos, garante que as bolsas estampadas são as queridinhas entre as clientes. "O pessoal gosta, pede bastante, sai o ano inteiro", enfatiza.

A loja abriu em novembro de 2021 e a proprietária conta que o item sempre foi bastante requisitado. Contudo, ela conseguiu adquirir itens com o fornecedor recentemente. "Antes, não tinha, eu não conseguia e agora que começou a vir. Talvez, agora, tenha sido por causa da novela", conclui.

Bolsas estampadas fazem sucesso na loja do Bairro Universitário. (Foto: Marcos Maluf)
Bolsas estampadas fazem sucesso na loja do Bairro Universitário. (Foto: Marcos Maluf)

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Nos siga no Google Notícias