ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, SÁBADO  05    CAMPO GRANDE 22º

Diversão

Cidade do Natal vai virar parque temático, com dinossauros de mais de 10 metros

Por Ângela Kempfer | 12/07/2012 08:39
Dinossauros em tamanho real serão montados nos altos da Afonso Pena. (Foto: Divulgação)
Dinossauros em tamanho real serão montados nos altos da Afonso Pena. (Foto: Divulgação)

O que hoje é Cidade de Natal, nos altos da Afonso Pena, em setembro vai se transformar em parque temático com réplicas de dinossauros em tamanho real e movimentos, alguns com mais de 10 metros.

A exposição Mundo Jurássico quer prender famílias o dia todo em atividades que incluem até a simulação de uma escavação. As casinhas da cidade do Papai Noel, montadas pela prefeitura, continuaram no local e a ideia é fazer de algumas ponto de venda de souvenir.

Mais de 1,5 mil metros de tendas serão montados para viagem de volta há 250 milhões de anos. Durante dois meses, a criançada poderá conhecer animais extintos e tirar fotos sentada em um tiranossauro rex enorme, por exemplo.

A produção é de duas empresas mineiras, a CCT Eventos e a ArtBHZ, que pagam 80 mil reais por mês aos idealizadores dos Estados Unidos só pelos direitos de promover a exposição itinerante e o custo das réplicas. “Isso fora todos os custos com pessoal e a estrutura”, comenta um dos organizadores do evento, Cristiano Trindade.

Casinhas vão continuar no mesmo lugar, mas como ponto de venda de souvenir.
Casinhas vão continuar no mesmo lugar, mas como ponto de venda de souvenir.

Para montar tamanha estrutura, que envolve uma equipe fixa de 19 pessoas, toneladas de materiais e equipamentos como guindastes e caminhão pipa, os empresários conseguiram apoio da prefeitura de Campo Grande, Governo Estadual e da iniciativa privada.

A exposição já roda o Brasil desde 2008, com a média de 4 cidades por ano e agora está em Goiânia.

Em outros estados, o valor do ingresso é 20 para as crianças, 30 para adultos e 60 para a família. O valor de Campo Grande ainda não está definido mas a data sim. Será de 12 de setembro a 31 de outubro.

Cristiano vive em Mato Grosso do Sul há dois anos, mas percorre o Brasil com várias exposições promovidas pela ArtBHZ e a CCT. A ideia é trazer outras mostras grandes como a dos dinossauros para Mato Grosso do Sul a partir de agora. “Já estamos estudando outras, que já passaram por São Paulo”, avisa.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário