A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Janeiro de 2020

09/12/2019 15:25

Com público limitado, Alzira Espíndola faz show de graça nesta quarta-feira

Como o local do show está sujeito ao tempo, pode ser que precise mudar para uma sala com capacidade de até 80 pessoas

Paula Maciulevicius Brasil
para o sul-mato-grossense Alzira sempre será apresentada com o sobrenome, Alzira Espíndola. para o sul-mato-grossense Alzira sempre será apresentada com o sobrenome, Alzira Espíndola.

De graça, mas é preciso correr. Nesta quarta-feira (11), Alzira Espíndola faz show na Capital no Sesc Cultura, como parte da programação de encerramento do ano do Sesc. Como o local do show, previsto para ser no átrio do Sesc Cultura, está sujeito ao tempo, pode ser que precise mudar para uma sala em que a capacidade máxima é de 80 pessoas. De qualquer modo, o recomendável é chegar cedo para garantir ingresso.

Da família Espíndola, para o sul-mato-grossense Alzira sempre será apresentada com o sobrenome. Artisticamente, fora daqui ela se lança como Alzira E e vem para Campo Grande com o show "Cantando Elas".

A apresentação será uma homenagem à parceria feminina com cantoras como Alice Ruiz, Iara Rennó, Tetê Espíndola, Vera Motta, Lucina, Estrela Leminski, Anelis Assupção. Tem também Cora Coralina no poema Rio Vermelho e algumas das composições de Maysa.

Paralelo ao show de Alzira, tem cinema e peça de teatro que entram em cena nesta semana. A mostra Cineclassique exibe de amanhã (10) a quinta-feira (12) uma seleção especial de filmes que resistiram ao tempo, com exibições de terça a sexta-feira, sempre às 19 horas, em sessões simultâneas.

Amanhã  dia 10, terça-feira, será exibido “Cão danando” (1949), de Akira Kurosawa. Segundo a sinopse: No Japão pós-guerra, um jovem policial tem sua arma roubada no ônibus. Constrangido, ele tenta desesperadamente recuperá-la, iniciando uma investigação nas favelas de Tóquio, onde se depara com a miséria de uma população que mal consegue sobreviver.

Também de terça até quinta (12), sempre às 19 horas, o Sesc Cultura recebe o Espetáculo Amor 1980, do Grupo Casa. A apresentação será na Sala de Música.

A montagem é livremente inspirada nos romances “Eu Sei Que Vou Te Amar” de Arnaldo Jabor, “O Coiote”, de Roberto Freire e “Uma Aprendizagem ou o Livro dos Prazeres”, de Clarice Lispector, ambientada anos 80, por meio da decoração, o figurino, as músicas e cores que lembram essa época em que tudo parecia mais “louco” e livre.

Na quarta (11) é a vez do clássico “A bela e a fera” (1946), dirigido por Josette Day, Jean Marais, Jean, Cocteau, Marcel André. Sinopse: Adélaïde, Bela, Félicie e Ludovic são irmãos de uma família à beira da ruína. Certa noite, o pai andando perdido por uma floresta acaba procurando refúgio em um castelo fantástico, onde vive uma fera terrível.

O filme de encerramento da mostra, na quinta-feira, 12, é “Gilda” (1946), de Rita Hayworth, Glenn Ford, George Macready e Charles Vidor. Sinopse: Johnny Farrell é promovido a gerente de um famoso clube noturno em Buenos Aires. Quando Gilda (Rita Hayworth), a mulher de seu amigo, é apresentada a Johnny ele a reconhece, pois tiveram um caso no passado.

Toda programação é gratuita e a distribuição de ingressos ocorre meia hora antes. Para eventos na sala de música, por exemplo, a capacidade é limitada para 80 pessoas. O Sesc Cultura está localizado na Avenida Afonso Pena, nº 2270. Informações pelo telefone (67) 3311-4300. 

 

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2020 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.