ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUARTA  27    CAMPO GRANDE 19º

Diversão

Com serenata, dona Lina celebrou os 87 anos na sacada de condomínio

A comemoração supresa foi organizada pela família e a aniversariante se divertiu, cantou e até dançou valsa com o neto

Por Alana Portela | 10/04/2020 07:23


Com direito a serenata e até cartaz de parabéns para a rainha Lina, dona Ítala Maksoud comemorou os 87 anos de vida, na sacada do prédio onde mora em Campo Grande. A celebração foi organizada pela família e pegou a aniversariante de surpresa em casa.

“Foi emocionante. Gostei até mais do que se a festa fosse num clube, como sempre fazem. São tantas coisas que vivi até aqui, foram vários momentos que passei. Tive um marido maravilhoso, mas o perdi muito cedo. Também tive um filho que era muito ligado a mim. Fizeram parte de minha vida e não esqueço de nada disso”, diz a aniversariante.

Dona Ítala Maksoud à direita ao lado da filha Lilian, na sacada do prédio onde moram. (Foto: Arquivo pessoal)
Dona Ítala Maksoud à direita ao lado da filha Lilian, na sacada do prédio onde moram. (Foto: Arquivo pessoal)

A festa foi na sacada do prédio, mas por conta do coronavírus, não teve abraços e nem beijos. A aniversariante usou luva e máscara para ir estar no local e assistir tudo de pertinho. Um carro com som foi contratado para tocar suas músicas favoritas.

Dona Ítala tem oito filhos, 18 netos e 12 bisnetos. Foi carinhosamente apelidada por Lina. Todos da família a chamam assim e têm um carinho imenso pela mulher que batalhou para conquistar tudo que conseguiu até aqui.

 A surpresa aconteceu ontem de manhã, e dona Lina relata que estava tranquila em casa quando a levaram para a sacada. “A minha filha Lilian pediu para dar uma volta e quando fui lá fora, vi um cartaz bonito”. Os olhos da aniversariante se encheram de lágrimas, enquanto a felicidade tomava conta de seu peito.

Cartaz desejando os parabéns a dona Lina. (Foto: Arquivo pessoal)
Cartaz desejando os parabéns a dona Lina. (Foto: Arquivo pessoal)

O neto, Vinícius animou ainda mais a celebração puxando a avó para dançar a valsa na sacada. “Pode-se dizer que o criei. Ele amansou um pouco meu coração. Dançou comigo, foi uma alegria”, afirma dona Lina.

Apesar da festa surpresa, dona Lina não vê a hora do período de isolamento passar para comemorar a data em grande estilo, com uma festa ao lado da família, com direito a abraços bem apertados. “Pretendo fazer aquela festona”, adianta ela.

Uma das filhas que preparou a surpresa, Lilian Maksoud diz que a mãe é a base de todos. “É o alicerce da família, nosso tronco de aroeira”. A filha é médica e está cuidando de dona Lina que, por conta da idade, está no grupo de risco do vírus. Ela relata que a intenção era fazer uma festa para comemorar a data.

“Estava tudo organizado, mas aí apareceu o covid- 19 e encerrou tudo. Mas, aí veio essa sugestão de festa. Fizemos uma faixa e contratamos um carrinho com som. Moramos num apartamento e os moradores fizeram alguns vídeos”, conta Lilian.

Além da celebração na sacada do prédio, dona Lina também ganhou um bolo de chocolate e assoprou as velinhas no apartamento. Os que não puderam estar presentes, participaram através de chamada de vídeo e ajudaram levantar o astral da aniversariante.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Dona Lina, ao lado do neto, cortando o bolo de aniversário que ganhou. (Foto: Arquivo pessoal)
Dona Lina, ao lado do neto, cortando o bolo de aniversário que ganhou. (Foto: Arquivo pessoal)